Corinthians tem 31 mil pessoas no estádio e fica atrás de Inter e São Paulo no Japão

A propagandeada invasão corintiana, ao menos até agora, não foi tão grande assim. Nesta quarta-feira, o Corinthians reuniu 31.417 pessoas no estádio de Toyota para a semifinal do Mundial de Clubes. O número, apesar de expressivo, não é maior do que aquele alcançado por Inter e São Paulo na mesma fase em 2006 e 2005, respectivamente.

A melhor marca entre os brasileiros desde que o atual formato do torneio foi adotado ainda é do Inter, que em 2006 reuniu 33.690 pessoas no estádio Olímpico de Tóquio para o jogo com o mesmo Al Ahly.

Logo atrás vem o São Paulo, com 31.510 pessoas em 2005, diante do Al ittihad, também em Tóquio. A facilidade de acesso à capital do país asiático pode explicar, em parte, a marca de público nos dois casos.

Até hoje, o único time brasileiro que jogou em Toyota foi o Santos, no ano passado, que bateu o Kashiwa Reysol diante de um público de 29.173 pessoas, pouco a menos que o Corinthians.

Na final, a tendência é que o número de torcedores aumente, como acontece normalmente. No jogo que define o Mundial, a tendência é que mais japoneses se interessem pela partida. O melhor público entre os brasileiros é do Santos x Barcelona do ano passado, com 68.166 espectadores em Yokohama, onde também acontecerá a final deste ano.

Até a semana anterior à viagem ao Japão, o Corinthians cogitava uma verdadeira invasão ao país asiático. O clube chegou a falar em 30 mil torcedores. O UOL Esporte apurou, no entanto, que pouco mais de dez mil vistos foram liberados para todo o Brasil nos últimos meses, número bem abaixo das expectativas mais animadas.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*