Conversa com São Paulo esfria e Shaylon fica longe do Guarani

A diretoria do Guarani, que iniciou a semana esperançosa, adota posição mais pessimista com relação à possibilidade de contratar o meia Shaylon, de 20 anos. As conversas com o São Paulo pelo empréstimo do jogador esfriaram, deixando a situação mais distante de ser concretizada.

No Bugre, a informação é de que o Tricolor até aceita liberar, mas o jogador e seu estafe resistem por não se tratar de um clube da Série A, onde o meia teria mais visibilidade. O clube de Campinas se prepara para a disputa da Série B do Brasileiro. O São Paulo também prioriza o empréstimo para clubes da Série A, para ajudar no amadurecimento de seu jovem atleta.

Shaylon é um dos que podem ser liberados para enxugar o elenco, um pedido do técnico Rogério Ceni. Promovido esse ano pelo próprio Ceni após terminar 2016 como artilheiro do time sub-20, o meia não conseguiu se destacar no profissional e fez apenas sete jogos, sem gols. Na visão da comissão técnica e diretoria, um período em outro clube no qual jogue com mais frequência pode contribuir para seu amadurecimento.

 

Fonte: Lance

2 comentários em “Conversa com São Paulo esfria e Shaylon fica longe do Guarani

  1. O Shaylon me parece um jogador meio lento. É lógico que bons jogadores vivem de fase (não o craque que sempre é craque), e o Shaylon viveu um bom momento no embalado time sub 20, onde ele foi muito tempo reserva. Acho que lhe falta intensidade e vontade de ganhar. Tem uma certa classe mas não tem tempo de usá-la no futebol intenso que se joga nos profissionais. Ou ele melhora neste quesito ou não vai vingar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*