Como Cuca pode montar ataque em semana com cinco desfalques

Os treinos do São Paulo nesta semana têm como principal obstáculo os desfalques de Hernanes, Alexandre Pato, Raniel, Pablo e Toró. As baixas preocupam muito por estarem concentradas na criação e no ataque, e Cuca tem um quebra-cabeça para montar o setor para o duelo contra o Grêmio na manhã deste sábado (31).

Se mantiver o modelo de jogo usado nas últimas partidas, Cuca tem Vitor Bueno, Calazans e Helinho para preencher uma vaga no ataque. Seja qual for o escolhido o São Paulo perde a referência dentro da área, porque o suspenso Raniel era o centroavante na ausência dos lesionados Pato e Pablo. Neste cenário, o treinador é praticamente obrigado a escalar um ataque sem um “camisa 9” contra o Grêmio.

Antony e Everton devem seguir como titulares pelos lados do campo, assim como foi contra o Vasco. A maior dúvida está na vaga restante, que Cuca pode usar em uma formação com “falso 9” – neste caso incluindo Vitor Bueno no time, ou até Igor Gomes. Na prática, o São Paulo deve ter em campo Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Liziero, Tchê Tchê e Daniel Alves; Everton, Antony e Vitor Bueno (Igor Gomes).

Uma solução bem-vinda seria a recuperação de um dos atacantes lesionados, mas tal cenário é pouco provável. Toró é o mais próximo de voltar a jogar, mas ele por si só não resolveria o atual problema no ataque porque também é um jogador para os lados do campo. O ideal seria ter Pablo ou Pato no sábado, o que por enquanto está fora de cogitação: um faz transição para o gramado; outro ainda está no Reffis.

Cuca tem três dias para encontrar uma solução, a começar pelo treino de amanhã. Na preparação do elenco para um jogo às 11 horas (de Brasília), o treinador optou por organizar a semana do São Paulo com treinos no mesmo horário da partida, a exemplo da atividade de hoje. O duelo no Morumbi vale pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Como Cuca pode montar ataque em semana com cinco desfalques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.