Com protesto da torcida, Conselho do São Paulo aprova empréstimos

O Conselho Deliberativo do São Paulo aprovou, por maioria de votos, empréstimos com diferentes bancos, em reunião na noite desta terça-feira, no Morumbi. As operações foram feitas no passado e haviam sido anteriormente aprovadas pelo Conselho de Administração.

Cerca de 140 conselheiros estiveram na reunião (há 240 cadeiras no total), com início antecipado em uma hora do previsto inicialmente por causa do clássico entre Brasil e Argentina, pela semifinal Copa América.

Um grupo de torcedores organizados protestou do lado de fora do Morumbi, na tentativa de pressionar os conselheiros a vetarem a aprovação dos empréstimos. Fizeram muito barulho.

A Polícia Militar foi acionada pelo clube e controlou a presença dos torcedores, que logo deixaram o local.

Torcedores protestam no Morumbi durante reunião do Conselho — Foto: Marcelo Hazan

Torcedores protestam no Morumbi durante reunião do Conselho

O diretor executivo financeiro Elias Barquete Albarello fez uma explicação sobre as operações de empréstimo, e o gerente executivo de futebol Alexandre Pássaro compareceu ao encontro para responder questionamentos dos conselheiros, mas isso acabou ficando para outra data.

Parte do dinheiro pego nos empréstimos entrou no caixa do São Paulo. Tratam-se de contratos antigos. Por isso, o clube não associa esses empréstimos aos atrasos no pagamento dos direitos de imagem de parte do elenco (20% dos atletas, segundo o São Paulo).

4 comentários em “Com protesto da torcida, Conselho do São Paulo aprova empréstimos

  1. Caro, Paulo.
    A torcida pressionou para aprovar! Tem vídeos já disponíveis mostrando isso.
    Eles cantavam ” se você não aprovar o pau vai quebrar”.

    • Ouvi com muita atenção e confirmei com pessoas que estiveram lá: o canto era “Se o Conselho aprovar, olê olê olá, o pau vai quebrar”.
      O movimento dessa facção de organizados era contra a aprovação e pelo respeito ao Estatuto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.