Com propostas na mão, São Paulo não quer vender Osvaldo

Enquanto Luis Fabiano não deve demorar para sair do São Paulo, o parceiro dele de ataque pode ter vida longa no clube. O tratamento da diretoria com Osvaldo é totalmente diferente. Três boas propostas já chegaram, mas o Tricolor não quer negociá-lo.

Como as ofertas envolviam um salário muito maior ao atacante, ele pode ser valorizado, receber um aumento e ter o contrato prolongado com o São Paulo. Shakhtar Donetsk e Metalist, ambos da Ucrânia, manifestaram o desejo de contar com o jogador, além de outro clube europeu. Na janela do início da temporada, a Roma (ITA) também o sondou.

Osvaldo foi contratado no início do ano passado e o vínculo com o Tricolor vai até 2016. A negociação não foi simples e se transformou em uma novela, já que o Cruzeiro também queria ter o jogador. A diretoria são-paulina investiu cerca de R$ 8 milhões por 50% dos direitos econômicos do atacante.

O camisa 17 passou a se destacar a partir do segundo semestre da temporada passada, quando Ney Franco assumiu o comando da equipe. Antes, com Emerson Leão, Osvaldo não tinha oportunidades de jogar.

Com ritmo de jogo e atuando pelo lado esquerdo do ataque, ele se tornou um dos principais jogadores e marcou o gol do inédito título da Copa Sul-Americana de 2012. Neste ano, com a saída de Lucas, passou a ser um dos jogadores mais decisivos da equipe. As boas atuações o levaram para a Seleção Brasileira.

Osvaldo não jogou o amistoso em Londrina porque ainda se recupera de um trauma no quadril. A contusão aconteceu na partida contra o Corinthians, pelas quartas de final do Paulistão. O jogador faz tratamento intensivo para ter condições de jogar no próximo domingo.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*