Com lacunas na equipe, Ney faz ajustes para a estreia no Brasileiro

O São Paulo teve duas semanas de preparação após ser eliminado na Copa Libertadores e no Campeonato Brasileiro. Neste período, sete jogadores foram afastados enquanto outros sete incorporaram o grupo para o segundo semestre. Contudo, por conta de lesões e convocação, o treinador não poderá ter todos os jogadores à disposição para as primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro.

Na última quarta-feira, o São Paulo realizou o amistoso diante do Londrina. A equipe venceu por 2 a 1, mas, na visão do técnico Ney Franco, além do resultado, o desempenho da equipe e a chance de todos contribuirem no jogo foram os principais pontos a serem destacados. Na ocasião, a equipe iniciou o jogo com Denis, Douglas, Lúcio, Edson Silva e Carleto; Denilson, Rodrigo Caio, Maicon e Jadson, Silvinho e Luis Fabiano.

Mas, para a estreia no Campeonato Brasileiro, o time pode ter algumas substituições. Rogério Ceni faz tratamentos no Reffis para curar as dores no pé direito. Mesmo sem ter treinado no campo, Ney Franco ainda conta com o goleiro e ídolo são-paulino diante da Ponte Preta. Já no comando de ataque, Osvaldo fez atividades no campo e pode estar à disposição do comandante para o trabalho desta sexta-feira, no CFA de Cotia. Com isso, caso os jogadores se recuperem, devem ser utilizados contra a Macaca.

Sem Ganso, que se recupera de um estiramento na coxa esquerda, abre-se uma lacuna no meio-campo. E, Osvaldo deve ser fator decisivo para a escalação. O técnico Ney Franco pode manter Maicon na equipe, optando pelo 4-4-2, com o camisa 17 ao lado de Luis Fabiano, ou até escalar Silvinho, deixando a equipe no 4-2-3-1, com dois pontas.

Na defesa, o zagueiro Rafael Toloi também está vetado por conta de um pequeno estiramento no músculo adutor da coxa esquerda. Na vaga, Edson Silva deve ser o titular ao lado do experiente Lúcio.

E, da segunda rodada até a quinta, o treinador terá uma ausência de peso: o meia Jadson, convocado por Felipão para a disputa da Copa das Confederações, desfalca a equipe nos jogos diante do Vasco, Atlético-MG, Goiás e Grêmio. Neste período, o treinador deve ter todos os jogadores que estão no Reffis à disposição, exceto por Negueba, que ainda se recupera de uma grave lesão no joelho direito.
Fonte: Lance

3 comentários em “Com lacunas na equipe, Ney faz ajustes para a estreia no Brasileiro

  1. Paulo, quem é novo gerente do REFIS? Com a saída do Cañete e do Fabrício o cargo está vago…se tivesse que apostar em alguém, eu colocaria as minhas fichas no Luiz Fabiano…a partir da segunda rodada para forçar a sua venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*