Com Kaká 100%, Tricolor embarca para o Equador em busca da semi

Hora de mudar o foco. A vitória por 2 a 1 sobre o Criciúma, domingo, e a manutenção dos cinco pontos de diferença para o líder Cruzeiro no Brasileirão entram em modo de espera. A meta do São Paulo agora é um lugar na semifinal da Copa Sul-Americana. O Tricolor embarcou nesta segunda-feira para Guayaquil, no Equador, onde encara o Emelec, quarta-feira, às 22h, pela partida de volta das quartas de final – na ida, no Morumbi, vitória são-paulina por 4 a 2.

Uma das novidades é o retorno de Kaká. Poupado do jogo de domingo, pelo Brasileirão, o meia está de volta para ajudar o São Paulo a avançar na competição internacional.

– Estou 100%, estou bem descansado. Vejo esse momento como muito importante para nós. Vai ser uma partida muito difícil, não podemos ficar pensando que a viagem é longa. Agora é um momento de ter uma consciência de que é um jogo importantíssimo que pode nos levar para a próxima fase – afirmou o camisa 8.

A principal baixa fica por conta de Maicon, que sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito durante o jogo em Santa Catarina e fica fora por um mês. Outros que ficaram em São Paulo são o zagueiro Rafael Toloi, que se recupera de uma contratura muscular na coxa esquerda, o atacante Alexandre Pato, que aprimora a forma física depois se recuperar de uma lesão na coxa esquerda, e Luis Fabiano, que cumpre o último dos três jogos de suspensão impostos pela Conmebol pela expulsão contra o Huachipato.

A previsão é de que a viagem dure cerca de nove horas, já que o avião fará uma escala em Lima, no Peru, antes de seguir para Quito. Assim, o grupo deve aterrissar na capital equatoriana às 23h15. De lá, toma outro avião e chega a Guayaquil, cidade da partida, de madrugada.

No primeiro duelo, o São Paulo venceu o Emelec por 4 a 2, no Morumbi. Para conquistar a vaga para as semifinal, o Tricolor pode empatar por qualquer placar e até perder de um de gol de diferença, ou dois desde que faça três ou mais. Quem passar encara o vencedor de Nacional de Medellín e Universidad César Vallejo (no primeiro jogo, o time colombiano triunfou por 1 a 0).

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*