Com golaço de Maicon, São Paulo derrota o Atlético-PR

O São Paulo reencontrou de vez o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro. Após derrotar o Grêmio no último sábado, o Tricolor passou pelo Atlético-PR na noite desta quarta-feira, no Morumbi, por 1 a 0, com bomba de Maicon e atuação de gala de Paulo Henrique Ganso, em partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão.

Com a vitória, o São Paulo chega aos 49 pontos, ultrapassando o Internacional (que só joga nesta quinta, contra a Chapecoense) e assumindo a segunda colocação na classificação do Brasileirão, a sete pontos do Cruzeiro (joga às 22h desta quarta, diante do Corinthians). O Atlético-PR, por sua vez, cai para a 13ª colocação, com 31 pontos.

Tanto São Paulo quanto Atlético-PR voltam a campo no próximo domingo, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor visita o Atlético-MG, às 16h, no Independência, enquanto o Furacão recebe o Figueirense na Arena da Baixada.

O JOGO

Mesmo sem o costumeiro apoio de sua torcida – apenas 9.820 torcedores no Morumbi, enquanto a média é de 28.277 –, o São Paulo não encontrou dificuldades para partir para cima do Atlético-PR. Não à toa, logo aos cinco minutos, após assistência de Paulo Henrique Ganso, Maicon acertou lindo chute de fora da área no ângulo esquerdo de Wéverton para abrir o placar a favor dos mandantes.

Após balançar as redes, o São Paulo recuou. E quase levou o castigo. Bady recebeu cruzamento da esquerda e, bem posicionado entre Paulo Miranda e Antonio Carlos, bateu de primeira em direção ao gol são-paulino. Rogério Ceni se esticou e, com apenas uma mão, espalmou a finalização do meia atleticano.

Na base do contra-ataque, o Tricolor até conseguiu criar nova chance de gol. Ganso, mais uma vez, deu passe formidável, desta vez para Alexandre Pato. O camisa 11, de frente para Wéverton, tentou balançar as redes com uma cavadinha. A bola passou rente à trave direita do arqueiro atleticano, para desespero do técnico Muricy Ramalho.

No segunto tempo, o jogo ficou mais truncado e as chances de gol mais escassas, mesmo com as alterações feitas pelos técnicos de ambas as equipes. A única finalização de fato perigosa ao longo dos 45 minutos finais foi um chute de Michel Bastos, da entrada da área, defendido por Wéverton. De resto, apenas finalizações despretensiosas de Osvaldo e Denílson, pelo São Paulo, e Natanael e Marcelo, pelo Atlético-PR.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 8/10/2014 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo de Freitas-BA
Auxiliares: Luiz Carlos Teixeira (BA) e Marcos Welb Rocha (BA)

Público/Renda: 9.820 presentes / R$ 292.130,00
Cartões amarelos: Paulo Miranda, Michel Bastos e Ganso (SPO); Gustavo e Cléo (CAP)
Cartões vermelhos:

GOL: Maicon, aos 5’/1ºT (1-0);

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Hudson, Paulo Miranda, Antonio Carlos e Michel Bastos; Denilson, Maicon e Ganso; Osvaldo (Boschilia, aos 29’/2ºT), Pato (Luis Fabiano, aos 29’/2ºT) e Alan Kardec – Técnico: Muricy Ramalho.

ATLÉTICO-PR – Wéverton; Sueliton, Gustavo, Cleberson e Natanael; Paulinho Dias, Hernani, Marcos Guilherme e Bady (Carlos Alberto, aos 25’/2ºT); Marcelo e Cléo – Técnico: Claudinei Oliveira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*