Com Gilberto fora, Centurión treina e pode ser titular contra a Chapecoense

Em fase final de preparação para a partida contra a Chapecoense, neste domingo, no Morumbi, o São Paulo treinou na fria manhã desta sexta-feira, no CCT da Barra Funda. A portas fechadas, o técnico Edgardo Bauza comandou coletivo sem a presença do centroavante Gilberto, que sofreu entorse no tornozelo esquerdo durante o trabalho tático da última quinta.

De acordo com a assessoria do clube, a lesão não é grave, mas dificilmente o jogador reunirá condições para atuar daqui dois dias. Nesta manhã, Gilberto ficou em tratamento no Reffis, enquanto Bauza escalou Centurión para fazer a função de centroavante na atividade.

O duelo contra o time catarinense, inclusive, pode ser a despedida de Centurión do clube do Morumbi, que negocia um empréstimo ao Boca Juniors por um ano. O Tricolor, porém, impôs uma cláusula para que o atacante regresse em janeiro, não aceita pelo time de La Bombonera, esfriando a negociação.

Isto posto, a provável escalação do Tricolor para domingo tem Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos; Thiago Mendes, Hudson, Kelvin, Cueva e Michel Bastos; Centurión. Mena, expulso na derrota para o Grêmio, e Rodrigo Caio, a serviço da Seleção olímpica, são os desfalques do Patón, além de Gilberto. Caso Centurión deixe o São Paulo antes do confronto, Andres Chavez e o garoto Pedro Bortoluzzo serão as opções para o ataque.

Dos argentinos recém-contratados, apenas Andres Chavez está garantido na lista de relacionados de Bauza. O novo camisa 9 tricolor, no entanto, terá de brigar por uma vaga no time titular e começará o duelo com a Chapecoense no banco de reservas. O lateral direito Julio Buffarini, por sua vez, aguarda seu nome aparecer no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até esta sexta-feira para figurar na lista do comandante.

Ex-San Lorenzo, o atleta não treinou nesta manhã, já que foi submetido a uma bateria de exames médicos, e será apresentado oficialmente nesta tarde. Já o zagueiro Douglas, que chegou do Dnipro, da Ucrânia, espera sua situação burocrática ser resolvida para integrar o elenco tricolor. Enquanto isso não ocorre, o defensor trabalha a parte física no Reffis.

Eliminado nas semifinais da Copa Libertadores da América, o São Paulo ocupa a nona colocação do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. A partida contra a Chapecoense, marcada para este domingo, às 11 horas (de Brasília), no Morumbi, será válida pela 17ª rodada do torneio nacional. O Tricolor a encara como um confronto direto, uma vez que a equipe de Santa Catarina detém a mesma pontuação.

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Com Gilberto fora, Centurión treina e pode ser titular contra a Chapecoense

  1. Não entendo porque o Bauza fica pedindo contratações se as contratações chegam e o Centurion continua. É muita cara de pau desse trenero ficar jogando a torcida contra a diretoria, se ele não tem intenção nenhuma de mudar o pouco que ele sabe fazer (jogar retrancado: todo mundo marcando e a última linha fixa atrás, mesmo que o time esteja na posse da bola)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.