Com foco no Tricolor, Lucas deixa o PSG ‘um pouco de lado’

Negociado pela bagatela de R$ 108 milhões com o PSG, o meia Lucas ainda não conseguiu assimilar o fato de ser a transação mais cara do futebol brasileiro para com o exterior. Após um período defendendo a Seleção, o jogador de 20 anos retornou e participou das duas últimas partidas da equipe. A quatro meses de sua despedida, o camisa 7 que manter as atenções somente no clube paulista.

– Confesso que não (está acompanhando o PSG). Não me liguei. Ainda não caiu a ficha de que eu vou deixar o São Paulo. Estou pensando em deixar um pouco de lado mesmo. Quero dar o meu melhor, o meu máximo, ajudar muito o clube. Quero conseguir o meu objetivo para sair de cabeça erguida, por cima, e deixar saudade, não só dentro de campo, como também como pessoa, com os amigos, como sendo um exemplo. Por isso que eu não estou muito preocupado com o PSG agora – manifestou o meia.

Muito crítico consigo mesmo, Lucas acredita que ainda pode render muito mais com a camisa do Tricolor e planeja começar a galgar tal processo já neste domingo.

– Eu acho que eu posso jogar mais a cada jogo. Nunca estou satisfeito. Sempre tem alguma coisa para melhor. Mesmo quando o time vence, eu analiso e vejo o que eu errei, pois eu sempre procuro melhorar. Não só contra o Corinthians, mas contra qualquer time. Quando você perde, mesmo jogando bem, as críticas vão vir e a cobrança interior também. Preciso dessa vitória contra o Corinthians, não só eu, como a equipe, para ganhar moral, para embalar. Com certeza, se ganhar, a confiança vai ser muito grande – expôs o atleta.

Para angariar tal sucesso, Lucas sabe como transpor um dos pontos fortes do adversário, a defesa, para sair com a vitória e se manter próximo da zona de classificação à Libertadores.

– Para furar qualquer defesa, muito sólida como é a do Corinthians, que dificilmente toma gol, o segredo é a movimentação. Eu tenho essa característica, de me movimentar e ir para cima. Vou procurar usar isso da melhor maneira, para sacudir a zaga, para tentar tabelar com o Luis Fabiano e fazer gol – completou.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*