Com foco na Pré-Libertadores, São Paulo visita Ponte com time reserva

O São Paulo visitará a Ponte Preta neste sábado, às 19h (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelo Campeonato Paulista, com uma formação completamente alternativa. Com o foco voltado para a decisão da próxima quarta-feira, contra o Talleres, pela Pré-Libertadores, o técnico André Jardine não deu pistas sobre o time que enfrentará a Macaca, mas é certo que os principais jogadores serão poupados.

O Tricolor é o atual líder do Grupo D do Campeonato Paulista, com nove pontos, dois a mais que o Ituano, segundo colocado. Por enquanto, o São Paulo acumula cinco jogos no Estadual, somando três vitórias e outras duas derrotas.

Para a partida contra a Ponte Preta, o técnico André Jardine não contará com Anderson Martins e Liziero. O primeiro, cortado do jogo de ida contra o Talleres por conta de uma tendinite no joelho direito, iniciou a transição para o gramado nesta sexta-feira. Já o segundo sequer treinou em campo e também está descartado.

O atacante Pablo, por sua vez, foi liberado para ficar com Enrico, seu primeiro filho, que nasceu na última quarta-feira, quando o Tricolor estava em Córdoba, na Argentina.

A tendência é que aqueles que não foram inscritos na Pré-Libertadores e alguns reservas componham o time titular. Nomes como Everton Felipe, Igor Vinicius e Jonatan Gómez surgem como possíveis figuras em campo, além de outros atletas que não vêm recebendo tantas oportunidades, como Léo, Willian Farias, Biro Biro, Rodrigo, Gonzalo Carneiro, entre outros.

A Ponte Preta, por sua vez, irá enfrentar o São Paulo com o treinador interino João Paulo. Após a demissão de Mazola Júnior, a diretoria já tem um substituto para o profissional: Jorginho, que neste sábado irá acompanhar a Macaca das tribunas, começando a trabalhar somente na próxima segunda-feira.

O retorno de Jorginho é visto com bons olhos pelos torcedores da Ponte Preta. Foi sob o comando do treinador que o time chegou até a final da Copa Sul-Americana de 2013, quando acabou perdendo na final para o Lanús, da Argentina.

“Jogar contra grande é bom em qualquer momento, pressionado ou leve. O São Paulo é o São Paulo, independentemente disso tudo. Agora, a Ponte está em Campinas, é muito grande e é, no mínimo, a quinta força do estado, e é isso que a gente vai procurar colocar sempre e no jogo de amanhã também”, disse o técnico interino, João Paulo.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SÃO PAULO

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 9 de fevereiro de 2019, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira

PONTE PRETA: Ivan, Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Nathan, Igor Henrique, Gerson Magrão (Hugo Cabral) e Matheus Vargas; Matheus Oliveira e Thalles.
Técnico: João Paulo

SÃO PAULO: Tiago Volpi (Jean); Igor Vinícius, Bruno Alves (Arboleda), Rodrigo e Léo; Willian Farias, Araruna e Everton Felipe (Jonatan Gómez); Helinho (Antony), Diego Souza e Gonzalo Carneiro (Biro Biro)
Técnico: André Jardine

Um comentário em “Com foco na Pré-Libertadores, São Paulo visita Ponte com time reserva

  1. JARDINE E DIRETORIA SÃO CARAS DE PAU,OS RESERVAS(JÓVENS) SÃO MELHORES DOQUE O TITULAR QUE SÃO BARRIGUNDOS,SEM PERNAS E CHUPIM,QUE RECEBEM EM DIA O SALÁRIOS.É MUITA MERDA PRA GENTE ASSISTIR E PRA ENGOLIR.NA PRÓXIMA QUARTA FEIRA A VERBA DA LIBERTADORES VAI PRO SACO.AÍ VEM CUCA,VANDERLEY,ETC.PRA MANDAR O JARDINE PRA COTIA INVENTAM UM PACOTÃO DE PAPO FURADO QUE É A TÔNICA DESTA FALIDA DIRETORIA !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*