Com duelos dos últimos, São Paulo pode deixar Z-4 ou ir à lanterna

A rodada deste final de semana do Campeonato Brasileiro promete fortes emoções para o torcedor do São Paulo. A equipe ocupa a zona de rebaixamento da competição, mas pode deixar a incômoda posição dependendo da combinação de resultados. Por outro lado, também tem chances de ir parar na lanterna.

Tamanha indefinição tem um motivo: os seis times que ocupam as últimas posições da tabela duelam entre si. O próprio Tricolor, 18° colocado, enfrenta a Portuguesa (19ª). Já o lanterna Náutico encara o Atlético-MG (16°). Por fim, o Criciúma (17°) tenta vencer a Ponte Preta (15ª).

Para sair da zona de rebaixamento, o São Paulo precisa em primeiro lugar derrotar a Portuguesa no Canindé. Se conseguir isso, tem boas chances de deixar o Z-4. Ele só não sai da degola caso duas situações simultâneas ocorram: o Atlético-MG vença e o duelo entre Criciúma e Ponte Preta não termine empatado.

Por outro lado, para cair até a última posição do torneio, o Tricolor tem que perder para a Portuguesa e o Náutico precisa vencer o Atlético-MG. Qualquer outro resultado manterá o São Paulo na zona de rebaixamento, mas não na lanterna.

Arte GE.Net

Imagem mostra o que o São Paulo precisa fazer para sair do Z-4 (em cima) ou ir para a lanterna (abaixo)

De qualquer maneira, o cenário que o São Paulo encara neste domingo é melhor do que o previsto por Rogério Ceni antes de embarcar na excursão para a Europa e a Ásia. Na visão do capitão, o Tricolor ocuparia a lanterna quando voltasse do exterior.

 

“O time deve estar em 20º quando voltarmos, com uma distância de quatro ou cinco pontos para sair da zona de rebaixamento”, disse no embarque da equipe. O Atlético-MG, primeiro time fora da degola, tem 11 pontos, apenas dois a mais do que o São Paulo.

A partida contra a Portuguesa será realizada às 18h30 (de Brasília) e a primeira pelo Campeonato Brasileiro desde a excursão para o exterior. Os jogadores que voltaram antes de viagem – Toloi, Jadson, Osvaldo e Fabricio – e os que ficaram no Brasil se tratando – Luis Fabiano e Clemente Rodríguez – devem formar a base da equipe.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*