Choque-Rei terá primeiro encontro de Luis Fabiano e Barcos

A camisa 9, aquela do artilheiro e principal finalizador do time de futebol, está em ótimas mãos nos rivais São Paulo e Palmeiras. Os dois times se enfrentam neste sábado, às 16h (horário de Brasília), no Morumbi, e contam com seus goleadores para darem mais um passo em seus objetivos no Campeonato Brasileiro. No Tricolor, Luis Fabiano retorna depois de se recuperar de lesão muscular, a quinta só neste ano. No Verdão, Hernán Barcos volta de uma passagem sem futebol pela seleção argentina – o jogo com o Brasil, quarta-feira passada, foi cancelado por falta de luz no estádio.

O Fabuloso e o Pirata são peças fundamentais para suas equipes e, claro, são os artilheiros da temporada. Com 24 gols em 31 jogos, Luis Fabiano é o goleador máximo do São Paulo. Com 23 gols em 46 partidas, Barcos é quem manda na artilharia do Palmeiras. Os dois já marcaram em clássicos neste ano, mas ainda não se encontraram. É a primeira vez que a dupla vai dividir o mesmo campo.

Barcos só jogou uma vez contra o São Paulo, um empate em 3 a 3 pela primeira fase do Campeonato Paulista. Ele marcou duas vezes e começou a ganhar ali a simpatia da torcida alviverde. Quem fazia a função de centroavante do outro lado era Willian José, já que Luis Fabiano estava machucado.

No segundo Choque-Rei do ano, em julho, pelo Brasileirão, a ausência sentida foi a de Barcos. O Fabuloso estava em campo e deixou seu gol no empate em 1 a 1, na Arena Barueri. O Pirata não jogou porque se recuperava de uma cirurgia para retirada do apêndice – ele teve crise de apendicite às vésperas da final da Copa do Brasil, contra o Coritiba. Foi o único problema médico de Barcos neste ano.

info luis fabiano x barcos (Foto: infoesporte)

Como é o primeiro encontro dos goleadores, a expectativa já está criada. O técnico Gilson Kleina, por exemplo, ainda estuda a melhor maneira de escalar a equipe para deixar Barcos mais à vontade para tentar atingir sua meta – 27 gols na temporada, só faltam quatro. Ele pode escalar Obina, deixando o Pirata mais livre para buscar o jogo, ou Mazinho, para que o centroavante fique fixo na área.

– Obina e Barcos têm condições de jogar, pois o Pirata preenche um espaço diferente. Ele se adapta a qualquer esquema. Acredito que será um grande duelo para os atacantes, mas o jogo não se resume só a Barcos e Luis Fabiano – avisou Kleina.

Em campo, Fabuloso e Barcos assumem personalidades bem diferentes, mas ambas mostram eficiência. Enquanto o são-paulino é mais explosivo e já enfrentou muitos problemas com cartões, o palmeirense prima pela frieza na hora de concluir as jogadas. Ídolos de suas torcidas, eles podem fazer a diferença para que suas equipes consigam logo atingir seus objetivos.

Com 43 pontos, o São Paulo ocupa a quinta posição e busca uma vaga no G-4 – está a quatro pontos do Vasco, quarto colocado. Com 26, o Palmeiras está em 18º lugar e quer a vitória para respirar na briga contra o rebaixamento – o Coritiba, primeiro fora da zona, está seis pontos à frente.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*