Cercado de expectativa e blindado pelo clube, Lucas Evangelista estreia

Se você se chama Lucas e quer se tornar jogador profissional, faça um teste no São Paulo. O clube não se cansa de revelar jogadores com esse nome. E neste domingo, contra o Atlético-MG, no Independência, às 18h30 , uma das maiores esperanças da base fará a estreia no time profissional: Lucas Evangelista.

Não é apenas no nome que o garoto de 18 anos é parecido com Lucas Moura, hoje na Seleção Brasileira e que ainda deixa saudades no Tricolor desde que foi para o Paris Saint-Germain (FRA) no fim do ano passado. A forma física e a característica de jogo faz com que o técnico Ney Franco relembre do ex-camisa 7.

– Já começamos com a parte física com ele. É um jogador que vai ser muito forte. Lembra um pouco até o Lucas – afirmou o treinador.

Sem poder contar com Luis Fabiano, o técnico aposta no garoto mesmo diante da pressão do Galo no Independência. Na última vez em que esteve lá, o São Paulo perdeu por 4 a 1 e foi eliminado da Copa Libertadores da América.

Estádio e rival que o jovem meia-atacante diz não se intimidar. Destaque nos treinamentos, Ney acredita que o melhor posicionamento para ele seja centralizado, apesar de também ter características de velocidade e poder jogar pelas pontas. E, sem Jadson e Ganso, é assim que o dono da camisa 20 fará sua estreia em jogos oficiais – atuou por 45 minutos no amistoso com o Londrina.

A diretoria faz de tudo para blindar o jogador e até restringe que ele conceda entrevistas. Por enquanto, Evangelista ainda não conhece a sala de imprensa do Tricolor. Declarações são só para o site oficial.

A expectativa em cima do meia-atacante é muito maior do que a de todos os outros Lucas que surgiram depois do mais famoso deles. Lucas Gaúcho e Lucas Mendes tiveram passagens apagadas, Piazon foi vendido antes de se tornar profissional e, no atual elenco principal, ainda há Lucão e Lucas Farias.

Os atletas da base do São Paulo que deixam Cotia e vão para a Barra Funda costumam receber números altos na camisa – muitos acima da casa dos 30. Esperança de sucesso e bom futebol, Lucas Evangelista já ganhou a camisa 20. O nome é comum, mas quem trabalha no Tricolor espera um futebol diferente dele.

Os Lucas do Tricolor:

Lucas
Maior revelação do clube desde Kaká. Foi vendido ao PSG (FRA) por R$ 116 milhões.

Lucas Evangelista
É muito elogiado e uma das maiores apostas da base.

Lucas Farias
Lateral-direito de 18 anos, integrado aos profissionais, que está com a Seleção sub-20.

Lucão
Lucas Cavalcante tem 17 anos, está no profissional e também defende a sub-20.

Lucas Piazon
Após brigar na justiça, foi vendido ao Chelsea em 2011 por cerca de R$ 14,3 milhões.

Lucas Mendes
Lateral-direito que esteve no profissional em 2011. Em 2012, foi para o Santo André.

Lucas Gaúcho
Campeão da Copinha de 2010, fez dois gols de letra no time de cima, depois saiu.

Lucas Possignolo
Zagueiro de 19 anos, que está nas categorias de base.

Lucas Kal
Outro Lucas registrado no BID. Tem 17 anos, está na equipe sub-17 e é defensor.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.