Ceni pede mais personalidade para o São Paulo na Sul-Americana

O empate em 1 a 1 do São Paulo com a Universidad Católica, no jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, teve gosto de derrota para os são-paulinos. Não fossem as inúmeras chances desperdiçadas, o Tricolor poderia deixar o Chile praticamente classificado à final.

Para o ídolo e capitão Rogério Ceni, se o clube do Morumbi quiser chegar ao título da competição, precisa mostrar algo a mais dentro de campo.

– É o último título que temos condição de vencer no ano. 2009, 2010 e 2011 fechamos sem título. É uma oportunidade única, é uma valorização da marca, que percorre o mundo. Sentir o gosto de um título, que traz benefícios ao clube, que traz novos torneios internacionais. Temos de ter um pouquinho mais de personalidade para jogar a competição – disse o goleiro, após a partida.

Ainda sobre o duelo com os Cruzados, o camisa 01 opinou a respeito da arbitragem do equatoriano Omar Ponce e cobrou uma postura mais “guerreira” dos são-paulinos nas partidas seguintes do torneio.

– Eles (árbitros) deixam bater bastante. Têm árbitros ótimos e ruins, como é no Brasil. É um jogo mais pegado. O Lucas apanhou bastante, o Denilson sofreu uma entrada violenta. Tem que ter um espírito mais aguerrido – completou Ceni.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*