Ceni ironiza punição a Michel Bastos e lembra Petros: “Vamos recorrer”

Feliz com a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, na noite de quarta-feira, o goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni, aproveitou para opinar sobre as punições sofridas por Michel Bastos e Luis Fabiano. O primeiro pegou três jogos de gancho pela expulsão contra o Flamengo, no Brasileiro, enquanto o segundo recebeu a mesma punição pelo cartão vermelho recebido na vitória por 1 a 0 sobre o Huachipato, pela Copa Sul-Americana.

Ao falar sobre Michel Bastos, o camisa 1 ironizou o STJD e lembrou do episódio envolvendo o volante Petros, do Corinthians, que foi suspenso inicialmente por 180 dias e depois ficou fora por apenas três partidas.

– O Michel foi punido pelo lance aqui no Morumbi, né? Como todos, vamos recorrer. Teve jogador que tomou seis meses de gancho e depois ficou três jogos fora – afirmou.

Sobre Luis Fabiano, Rogério Ceni achou a decisão exagerada.

– Foi pesado porque ele não atinge o jogador. Ele tenta se colocar. Essa é mais complicada. Não sei como funciona na Conmebol, se pode recorrer. O Luis tem de buscar força, se animar, porque ele é muito importante para nós. Temos dois grandes centroavantes. Ele teve uma lesão, ficou muito tempo parado, precisa se animar – ressaltou.

O meia Paulo Henrique Ganso recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Furacão e será outro problema para o time no duelo com o Atlético-MG, domingo, em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileiro. Surpreso com a suspensão do colega, Rogério foi irônico, mais uma vez.

– O Ganso também? Sem ele, sem Michel, sem Kaká (na Seleção). Vamos fechar (risos). O Muricy terá de encontrar alguma alternativa para a partida contra o Atlético-MG – disse.

A lista de desfalques do técnico é grande para o final de semana: Ganso, Michel Bastos e Paulo Miranda estão suspensos. Souza e Kaká continuam com a seleção brasileira e Álvaro Pereira com a uruguaia. Ademilson está com o time olímpico comandado por Gallo. Isso sem contar os lesionados Rafael Toloi, Lucão e Rodrigo Caio.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*