Ceni elogia produção do time, mas diz: “Poderíamos ter definido tudo”

O São Paulo perdeu a oportunidade de definir no jogo de ida a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil. Essa foi a análise do técnico Rogério Ceni sobre o desempenho da equipe, que derrotou o ABC por 3 a 1, em partida realizada no estádio do Morumbi na noite desta quarta-feira. Com o resultado, a equipe pode perder por um gol de diferença na volta, marcada para a próxima quarta-feira, em Natal.

– Poderíamos ter definido uma classificação que ficou aberta. Mas em termos de produção da equipe, só tenho que elogiar o desempenho. Fizemos um primeiro tempo fantástico, criamos muitas chances. Foi um dos nossos melhores jogos em termos de criação, o time se soltou. Poderíamos ter conquistado uma vantagem maior. O 3 a 1 deixa a competição aberta. Talvez com um quarto ou quinto gol, teríamos uma análise diferente – afirmou o comandante.

Ceni agora terá dois dias para preparar sua equipe para o clássico de sábado, contra o Palmeiras, que será realizado no estádio rival. Na entrevista coletiva concedida no estádio do Morumbi, ele falou sobre essa partida e sobre esses assuntos. Veja abaixo os melhores trechos.

Desempenho da equipe no jogo desta quarta

– Dos 11 jogadores que tinha, nove jogaram menos de 90 dos últimos 270. O que a gente pensa é na rotatividade, dar o descanso necessário para que eles possam ter o máximo de rendimento. Quando você pega jogos da Copa do Brasil e um clássico no meio, será normal você oscilar. Quero que os jogadores tenham energia para atuar.

Lesão de Sidão e alternância de goleiros

– Para mim, não tem titular. Titular é quem joga. Eles precisam entender isso. São os melhores para aquela partida. Se você só tiver 11 jogadores, está fadado ao fracasso. A cada vez que entra em campo, deve se fazer o melhor. Os 11 que começaram a jogar não deverão ser os mesmos que vão começar o clássico. O Sidão tem uma dor e achamos melhor deixá-lo fora. Ainda quero ver o Renan Ribeiro em uma partida.

Revezamento do elenco

– Quero dar tempo para todos. Não consigo rodar todo mundo. De todos os zagueiros, cinco já jogaram. Faltam Lyanco e Lucão. Nas laterais, tenho Bruno, Buffarini e Júnior. Não posso inscrever mais um lateral no Campeonato Paulista. Devido ao placar que construímos hoje, não posso fazer um revezamento na próxima quarta. Tem de analisar todo mundo

Desempenho do São Paulo na Arena Palmeiras

–Todo jogo é uma oportunidade para vencer qualquer adversário. Uma viagem para Buenos Aires leva duas horas de avião, não é nada absurdo, não tem conexão. Não acho que é isso que vai fazer o Palmeiras ficar mais fraco, até porque foi o time que mais investiu, tem elenco suficiente para isso. Palmeiras vem com time forte. Será um jogo complicado. Eu joguei duas lá e perdi. O São Paulo tem três jogos lá e perdeu. Vamos tentar encontrar um time que jogue de igual para com qualquer adversário.

Situações de Breno e Jucilei

– O Breno jogou de maneira firme, foi bom segurá-lo no último jogo. Combinei com o Jucilei que no último jogo ele atuaria até onde desse. Depois fizemos um treino forte na terça. Há a possibilidade de ele começar como titular contra o Palmeiras, não tem nada definido. Precisamos deixá-lo melhor fisicamente

Palmeiras com time misto

– Para mim, é indiferente. Palmeiras nunca é time misto, é grande. Tem tanto jogador bom que até é difícil para ele definir quem são os titulares.

Evolução de Thiago Mendes

– Acho que é um ótimo jogador, tanto que teve seu contrato renovado. Acho que ele passou a acreditar mais nele. Traz energia ao time, penetra pelo time e pelas pontas, tem bom cruzamento e entra na área para fazer conclusões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*