Ceni desabafa contra árbitro: “Não teve coragem de assumir o erro”

Assim que Heber Roberto Lopes apitou o fim do jogo no estádio do Morumbi, neste domingo, Rogério Ceni atravessou o gramado, caminhando rapidamente, para reclamar com o árbitro. Depois de manifestar sua indignação ao responsável da partida, o capitão são-paulino explicou seu desabafo em relação ao lance em que pediu pênalti.

“Todo mundo viu que pegou no braço (de Kleber). Seria o segundo amarelo dele, a expulsão e um pênalti para nós. Mas, contra nós, é sempre assim. Houve um jogo em que ele encerrou antes de eu bater a falta. Hoje (domingo), o árbitro falou que pegou na cabeça”, criticou o goleiro. “Ele não teve coragem de assumir o erro”.

O lance aconteceu aos 21 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta perto da meia-lua. Rogério Ceni estava posicionado para a batida, mas Reinaldo fez a cobrança e acertou a mão de Kleber, que estava na barreira e saltou com o braço direito levantado.

“Falei para ele (árbitro) que todo mundo viu que pegou no braço, porque ele ergueu acima do nível. A bola não mata ninguém, poderia ter tirado de cabeça. Foi um pênalti claro, que mudou o rumo do jogo”, reclamou.

Por conta das críticas, Ceni levou amarelo quando o jogo já havia se encerrado. Apenas dois minutos depois da polêmica falta, o Grêmio marcou o gol da vitória por 1 a 0 no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Ceni desabafa contra árbitro: “Não teve coragem de assumir o erro”

  1. A arbitragem desse campeonato é absurda e esse cara é só mais um dos muitos covardes que não tem coragem de dar pênalti pela mão na bola. Ano passado houve um lance de bola cruzada na área que foi a mesma coisa: o cara tocou a bola com a mão acima da cabeça, o árbitro não marcou e os comentaristas ficaram ainda procurando justificativa.

  2. O SPFC tem q tomar alguma atitude contra esse juiz,já ñ é a primeira vez que ele nos prejudica,o SPFC tem q fazer alguma coisa,se deixar por isso mesmo,os juízes vão achar q podem nos prejudicar e nada acontece…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.