Ceni adota cautela ao analisar reação do São Paulo no Brasileiro

O goleiro Rogério Ceni preferiu não se empolgar muito com a vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, sábado, no Morumbi, conquistada após três derrotas consecutivas (para Náutico, Grêmio e Fluminense) no Campeonato Brasileiro. O ídolo teme criar expectativas nos torcedores.

“A gente vai viver jogo a jogo. Não adianta dizer qual é a realidade do São Paulo hoje. Se a falarmos que mudou e o time voltar a perder, dirão que a gente estava mentindo”, comentou o cauteloso Ceni, ressalvando que o seu raciocínio vale para qualquer equipe da Série A. “Ninguém tem segurança de nada. Nem o Atlético-MG, que está na liderança e vem jogando um futebol mais convincente do que o nosso.”

De qualquer forma, o triunfo diante da Ponte Preta serviu para animar um pouco mais o elenco do São Paulo. “Não é só o resultado. O time teve erros e acertos e ainda precisa melhorar algumas coisas, mas as voltas do Lucas e de outros jogadores nos ajudam. Fomos bem. Não havíamos jogado mal contra Fluminense e Grêmio, e sim contra o Náutico. Com a Ponte, fizemos a vantagem no primeiro tempo e caímos um pouco no segundo, o que é normal, mas mantivemos a posse de bola”, analisou o goleiro.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Rogério Ceni marcou gol de pênalti contra a Ponte Preta, mas evitou empolgar muito o grupo do São Paulo

A retomada de confiança e os retornos de alguns jogadores importantes ocorreram em um momento bastante propício para o são Paulo. A equipe capitaneada por Rogério Ceni enfrentará o Bahia para decidir classificação na Copa Sul-americana na terça-feira, no Morumbi. Domingo será dia de clássico contra o Corinthians, no Pacaembu.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*