Cartola do São Paulo comenta negociação de Lucas: “Nossa posição é extremamente passiva”

O vice-presidente do São Paulo João Paulo de Jesus Lopes não descarta negociar Lucas com o Manchester United. No entanto, o cartola afirmou à rádio Estadão/ESPN que o clube tricolor não tomará a frente do negócio e que deixou as conversas “em aberto”.

“Não descarto a possibilidade de, em um momento futuro, haver uma negociação, por termos recebido o Manchester com muita cordialidade e por deixarmos a conversa em aberto”, disse Lopes. “Nossa posição é extremamente passiva. O São Paulo só fará uma negociação se o valor atender ao seu interesse.”

O clube rejeitou duas ofertas dos ingleses para levar o meia-atacante. Uma delas chegou a R$ 96 milhões. No entanto, o empresário de Lucas, Wagner Ribeiro, já disse que não espera novas ofertas do Manchester.

O presidente Juvenal Juvêncio sofre pressões internas para negociar a principal revelação da base são-paulina desde Kaká. O dinheiro da venda seria usado para melhorar a estrutura do clube.

“O presidente nunca foi contrário à saída do jogador”, afirmou Lopes. “Por isso recebemos o Manchester no momento em que nos procurou e recebemos com seriedade. Nunca houve um obstáculo do presidente em relação à saída do jogador”, concluiu.

O meia-atacante está servindo à seleção olímpica brasileira em Londres.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*