Carlinhos se vê preparado para atuar da forma como Osorio bem entender

O rodízio de jogadores implementado por Juan Carlos Osorio tem trocado as posições de origem de diversos atletas do plantel são-paulino. Um dos mais afetados pelas extravagâncias do treinador colombiano é Carlinhos. Nas últimas partidas em que foi acionado, o lateral esquerdo transitou pelo meio-campo e obteve desempenho irregular. Na vitória por 2 a 1 contra o Grêmio, no último domingo, o atleta se destacou ao ajudar Alexandre Pato a anotar um dos gols da equipe. Mas na quinta-feira, no empate sem gols com a Chapecoense, Carlinhos deixou o Morumbi vaiado pela torcida.

Nas duas ocasiões, o atleta atuou do lado esquerdo do losango desenhado por Osorio no meio-campo. A responsabilidade de Carlinhos era receber a bola do volante Thiago Mendes e fazê-la chegar aos pés do armador ou dos atacantes. Como não cumpriu bem a função e deixou a desejar contra os catarinenses, o jogador foi sacado aos dez minutos do segundo tempo para a entrada de Centurión. Ele garante, no entanto, que a atuação ruim não o deixou desmotivado.

“Qualquer um sairia [da partida] com vaias. Assim como nós, o torcedor queria pelo menos meio gol para sair com os três pontos”, disse. “Isso faz parte do futebol. O treinador confia em mim e acha que eu posso exercer essas funções. Caso contrário, eu não estaria jogando. Desta vez não deu certo, mas em outras funcionou”.

Para se encaixar nas preferências de Osorio, Carlinhos preferiu não participar da recuperação física programada para os titulares na piscina do CCT da Barra Funda, na sexta-feira. Por opção, o atleta foi a campo ao lado dos reservas e atuou como um curinga em parte da atividade comandada pelo auxiliar Luis Pompílio. Único a vestir colete azul, ele se apresentava ao time que estava com a bola para auxiliar na armação das jogadas de ataque.

“Eu já vinha jogando em várias posições. Até então vinha correspondendo, mas contra a Chapecoense nosso time tentou e não conseguiu entrar na área”, justificou. Perguntado se a irregularidade dentro de campo lhe incomoda, Carlinhos afirmou que seguirá treinando para evitar novos questionamentos sobre seu trabalho. “A gente precisa chegar a um nível para que não haja mais esse tipo de pergunta”, limitou-se a dizer.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Carlinhos se vê preparado para atuar da forma como Osorio bem entender

  1. acho que o Osorio nao precisava espera passar 10 minuto pra troca ja trocava no intervalo ,evitaria do cara tomar vaias ,vejo o Carlinhos um cara bem esforçado jogador de grupo , ao contrario do Luis Fabiano fica um ano sem joga quando volta ja ta suspenso ai o cara que q renova com ele ,ta sugando o pouco dinheiro que o sao paulo tem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*