Cañete perde gols e mostra falta de ritmo para voltar ao São Paulo

Prestes a voltar a jogar depois de passar por cirurgia no joelho direito em novembro do ano passado, Cañete foi o coringa da atividade da manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

O argentino atuou para os que estavam com e sem o colete azul e por isso recebeu um colete laranja. Quem estivesse com a bola poderia passar para ele. O auxiliar técnico Éder Bastos foi quem comandou a atividade, com Ney Franco de olho em um dos bancos do campo.

Cañete perdeu dois gols incríveis, ambos na cara dos goleiros, e mostrou que ainda está sem ritmo de jogo para retornar. Em outra tentativa, Rogério ceni defendeu. Por isso, não será relacionado contra o Santos. O camisa 20 até apareceu para o passe no treino, mas tem limitações.

A atividade durou cerca de 60 minutos, em espaço reduzido e com situação de jogo. Com quatro gols em metade do campo, cada equipe tinha dois para defender e dois para atacar. Foi bem disputada, com muitos gols e disposição dos atletas.

Com forte sol, Casemiro, após dividida, chegou a dar susto. Foi medicado e seguiu. Willian José, com muitos gols, foi o artilheiro. Luis Fabiano não ficou atrás e também deixou sua marca algumas vezes.

Na manhã deste sábado o técnico Ney Franco comanda a última atividade antes do jogo contra o Santos. Nesta tarde ele vai até o Morumbi para ver a Seleção Brasileira, que enfrenta a África do Sul.
fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*