Busca por substituto de Muricy tira elenco são-paulino do foco

A saída de Muricy Ramalho, em comum acordo com a diretoria, fez a busca por um novo treinador se tornar o único assunto em discussão no São Paulo. Enquanto se procura um substituto para o comando, os jogadores ganham sossego para se prepararem para os próximos jogos sob comando interino de Milton Cruz.

As atenções, no entanto, em breve se voltarão novamente para os principais atletas do elenco. Não porque o clube anunciará logo o substituto de Muricy – isso ainda deve demorar -, mas porque o mata-mata do Campeonato Paulista está próximo. Poupados nesta quarta-feira do duelo contra a Portuguesa, no Morumbi, os titulares voltarão a ser cobrados nas quartas de final, contra o Red Bull, no fim de semana, e às vésperas do duelo com o Danubio, do Uruguai, na próxima quarta.

O zagueiro Rafael Toloi e o meia Paulo Henrique Ganso, dois dos principais alvos de críticas da torcida, nem sequer foram relacionados para o encerramento da primeira fase da competição estadual. O goleiro e ídolo Rogério Ceni, outro que não está livre de questionamentos técnicos, surpreendeu e deu chance para Renan Ribeiro estrear. Mas todos os jogadores, incluindo o trio, terão a missão de evitar novas eliminações precoces.

Missão que muito provavelmente terá a direção, mais uma vez, de Milton Cruz. O coordenador técnico será o treinador interino até a diretoria finalmente acertar a contratação de um novo comandante. Por ora, o foco principal é Alejandro Sabella, argentino que levou a seleção de seu país ao segundo lugar da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e venceu a Copa Libertadores (maior objetivo do São Paulo na temporada) de 2009, com o Estudiantes.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Com saída de Muricy Ramalho, elenco do São Paulo ganha ‘sossego’ para se reinventar

Definição não sairá tão logo

Sabella foi procurado, mas pediu prazo para dar uma resposta. Ele gostaria de retornar ao Brasil, onde foi auxiliar do Corinthians (2005) e jogador do Grêmio (na década de 1980), porém disse ser o plano B do Manchester City, cuja prioridade é Carlo Ancelotti, atualmente no Real Madrid. Se o italiano não topar treinar a equipe inglesa a partir do segundo semestre, quem terá que encontrar alternativa é o clube brasileiro.

No mercado nacional, o alvo mais fácil seria Abel Braga. Além de ter sido indicado por Muricy Ramalho, ele e sua família preferem permanecer no Brasil em vez de concretizar a ida para os Emirados Árabes – o ex-treinador do Internacional tem um pré-acordo com um clube de lá. Também pesa a seu favor o título da Libertadores de 2006.

Igualmente especulado entre os conselheiros mais antigos do São Paulo, Vanderlei Luxemburgo sempre desejou trabalhar no CT da Barra Funda. Está preso, contudo, a um bom contrato com o Flamengo. Neste caso, alguém teria que arcar com uma multa rescisória que beira R$ 1 milhão. Para um clube que fechou o ano passado no vermelho e está de cofres vazios, trata-se de uma opção distante. Além do mais, as duas diretorias têm ótima relação.

A terceira e última frente a surgir, esta com muito menos força, foi Paulo Roberto Falcão. Sem clube desde 2012, ano em que dirigiu o Bahia, ele chegou a ser sondado já na segunda-feira. Em 1985, o então volante foi contratado pelas mãos do presidente atual, Carlos Miguel Aidar, que estava em seu primeiro mandato. No entanto, aliados do mandatário o descartaram prontamente desta vez em razão de seu curto e apagado histórico à beira do campo.

Em meio a isso, os reservas e o interino Milton Cruz assumem a responsabilidade de enfrentar a Portuguesa às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi. Jogo ao qual os principais jogadores assistirão pela televisão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Busca por substituto de Muricy tira elenco são-paulino do foco

  1. O perfil ideal para ser treinador neste momento é ter coragem de barrar os “craques”. Se vier um Dorival Jr., Mancini ou outro que ainda não ganhou nada expressivo, não vai aguentar a pressão desses “craques”.

  2. Estou preocupado com a vinda de um novo treinador;
    O tal de Sabella pode ate ser ideal mas nao para agora, quem sabe para fim e inicio de temporada, o ideal seria Luxemburgo mas vai ser dificil pq o Flamengo pode melar mesmo pagando a multa, outra opçao seria Abelao, fora esses nenhum outro bom vira e outros disponiveis nao presta.

  3. Jogo ao qual os principais jogadores assistirão pela televisão, o que espero que seja por muito tempo. Domingo quando fiquei sabendo que o São Paulo entraria com seus principais jogadores, me veio o presságio que era derrota na certa. Não tem como ganhar jogo com freio de mão puxado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*