Bruno quer São Paulo pressionando o rival: “Temos de fazer o nosso jogo”

A lembrança mais recente não é das melhores. No Paulistão, o São Paulo fez um de seus piores jogos no ano e viu o Palmeiras dominar completamente o clássico. Agora, porém, os tempos são outros. E Bruno tem a receita para que a partida de domingo termine de forma diferente.

Em entrevista coletiva após o treino desta quarta-feira, no CT da Barra Funda, o lateral-direito pediu para que o time encare o Palmeiras de frente.

Bruno entende que jogar recuado seria um convite para que o rival consiga se impor dentro de casa.

– Acredito que temos de chegar lá e fazer nosso jogo. Não recuar muito. Precisamos jogar de igual para igual. Temos um grupo qualificado, muito bom. Estamos treinando muito. Lógico, respeitamos muito o Palmeiras. Mas, se ficarmos muito atrás, vamos trazer a equipe deles para a nossa defesa. Precisamos ser inteligentes para que tenhamos a posse de bola e fazer nosso jogo – disse o lateral.

Bruno São Paulo (Foto: João Gabriel Rodrigues)Bruno, em coletiva (Foto: João Gabriel Rodrigues)

Bruno afirma que a lembrança do último confronto entre as equipes ajuda antes do novo clássico. O lateral diz que o São Paulo vai saber tirar as lições do jogo para chegar à vitória.

– Estamos trabalhando para fazer um bom jogo. Em um clássico, as duas equipes se entregam muito. No Paulistão, perdemos um jogador logo cedo, o que atrapalhou bastante, ainda mais na casa do adversário. Vamos tirar as lições desse último jogo para chegar à vitória – disse.

A fase instável do Palmeiras é minimizada por Bruno. Assim como o estado do gramado da arena. O lateral diz que o São Paulo precisa se preocupar apenas em fazer um bom jogo.

– Eles têm um elenco muito qualificado, um time perigoso. Os resultados ainda não vieram, chegou um treinador novo. Mas temos de pensar na nossa equipe, em fazer um bom jogo. Muita gente fala do gramado, mas temos de nos adaptar ao gramado ruim e ao gramado bom. O importante é fazer um bom jogo e bater de frente com eles para chegar à vitória.

Perguntado se o São Paulo poderia se fazer valer do gênio impulsivo de Dudu, Bruno negou. O lateral diz que provocações não adiantam na hora de buscar o resultado positivo.

– Acho que isso não influencia em nada. Ele é um excelente jogador. Não podemos nos preocupar com o gênio dele, não podemos cair em provocação.

Vice-líder do Brasileirão, com 17 pontos, o São Paulo encara o Palmeiras no próximo domingo, às 16h, na arena alviverde.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.