Bielsa negociou com São Paulo, fez análises e chamou Lyanco de “craque”

No fim do ano passado, antes de fechar com Edgardo Bauza, a diretoria do São Paulo teve negociações avançadas com outro argentino. Marcelo Bielsa, considerado um dos principais técnicos do futebol mundial, assistiu a dezenas de jogos da equipe e fez avaliações individuais do elenco para definir nomes de possíveis reforços. De seu relatório, um jogador mereceu ser chamado de “craque”: o zagueiro Lyanco, de 19 anos completados no mês de fevereiro.

O jovem ainda tinha 18 quando estreou na equipe profissional sob comando do colombiano Juan Carlos Osorio, outro fã de seu potencial. Além de sua posição de origem, atuou como volante e lateral-direito. Foram esses vídeos que Bielsa viu e gostou muito.

A negociação não prosperou por razões fundamentalmente financeiras. Além do salário altíssimo, Bielsa pediu a contratação de jogadores que o São Paulo não tinha condições de trazer.

Focada em profissionais estrangeiros, a diretoria fechou com Edgardo Bauza, que ainda nem utilizou Lyanco. Um pouco pelos outros zagueiros do grupo – Maicon e Rodrigo Caio são os titulares, Lugano o reserva imediato, Lucão é relacionado quando um dos três está ausente e Breno se recupera de lesão –, e um pouco pelas frequentes convocações do jovem.

Na última quarta-feira, Lyanco foi chamado a defender a seleção sub-21 da Sérvia, atual campeã mundial da categoria. Isso representou uma promoção, até o mês passado ele jogava pela sub-19. A ascensão indica que, logo, ele poderá ter chance na seleção principal. Eis o dilema. A comissão técnica brasileira do sub-20 o convocou para um período de treinos. Ele aceitou. Uma escolha definitiva entre Brasil e Sérvia poderá ser feita até jogar por uma seleção principal.

Lyanco São Paulo  (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)Lyanco tenta passar pelo goleiro durante treino do São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

A descendência europeia (seu sobrenome é Vojnovic) e o fato de ser disputado por duas seleções chama atenção do mercado europeu. O Porto, por exemplo, mencionou interesse em envolvê-lo numa troca pelo zagueiro Maicon, emprestado ao São Paulo até 30 de junho. A diretoria tricolor quer – muito – ficar com Maicon, mas não quer – de jeito algum – se desfazer do garoto. Pensa que ele pode vir a ser um Maicon futuramente. Ele tem contrato até fim de 2018.

Recomendado por Osorio, elogiado por Bielsa e convocado pela Sérvia, Lyanco também ouviu de dirigentes que não pretendem se desfazer dele. Há também um trabalho para que o excesso de mimos não mexa demais com a cabeça do jovem. A preocupação que ele se perca e a carreira não atinja o ponto que todos esperam é real.

Lyanco atuou nas categorias de base do Botafogo entre 2011 e 2014, quando se transferiu para o São Paulo. A expectativa é que no Campeonato Brasileiro, longo e cheio de desfalques – Rodrigo Caio, por exemplo, pode perder até 15 jogos na Seleção –, ele tenha mais oportunidades.

 

Fonte: globo Esporte

5 comentários em “Bielsa negociou com São Paulo, fez análises e chamou Lyanco de “craque”

  1. Todo o mundo enxerga melhor que nossa comissão técnica.
    Esse garoto é muito bom mesmo, será um grande zagueiro no mundo do futebol, mas no SPFC ele só serve pra treinar com os reservas dos reservas, enquanto o Lucao, um zagueiro horrível, tem todas as chances do mundo, quem explica isso?
    O Osório viu que o garoto é bom e já o colocou pra jogar, mas o Bauza ignora o garoto e prefere o Lucao.
    Ai tem coisa, o Lyanco é melhor que o Rodrigo Caio e o Lucao juntos, formaria uma dupla praticamente impenetrável na zaga junto com o Maicon, mas vai acabar como.muitos garotos talentosos que NUNCA SÃO APROVEITADOS E VAO BRILHAR NO EXTERIOR.

    Será que ninguém vê isso?

    Luiz Cunha, e aiai, porque esse garoto não joga no SPFC e joga em duas seleções, fora os vários técnicos do mundo que o observam e sabem do seu potencial?

    Explica isso Arnaldo!

  2. Marco Aurelio Cunha, tinha uma visao correta de aproveita los num time paralelo porem em outro estado, gostaria q o SAMPAULO tivesse um time nao para competicoes, mas um tipo expressinho em atividade por esse brazil afora so pelo custo das viagens e aproveitamento de atletas em formacao, porem essa atividade e problematica para essa kartolaiada, nao rende divisas kkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Como deve ser difícil para os garotos da base ficarem no São Paulo. O clube não tem uma política séria de aproveitamento dos bons jogadores de sua base e eles acabam, invariavelmente, estourando idade das categorias inferiores, sem serem testados entre os profissionais. Quando os testam, sempre entrando poucos minutos em situações muitas vezes em que o time já está completamente desestruturado e eles não conseguem mostrar o que podem jogar. Assim sendo, acabam saindo do clube desmotivados, inseguros e tendo que começar do zero em algum time de segunda divisão, o que lhes torna a vida e a carreira muito mais difíceis. Vejam o caso desse jogador Lyanco: o clube se interessou por ele quando ainda jogava pelo Botafogo; o Osorio tão logo o viu jogar o convocou para treinamento entre os profissionais; segundo a reportagem, o Bielsa fez o comentário sobre ele ser craque, e o SPaulo o que faz? Deixa o menino treinando “ad eternum” sem aproveita-lo para tentar melhorar uma zaga que há muito não vem jogando bem. Logo logo aparece algum clube que paga sua multa e vamos vê-lo “explodir” longe do nosso time, como já aconteceu muitas outras vezes.

  4. Acho que não teria durado nada. O bielsa é um técnico de temperamento difícil que costuma entrar em conflito direto com os jogadores. Se não me engano foi ele que mandou o Doria treinar no time B só por birra por não ter sido consultado sobre a contratação dele pela diretoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*