Bicampeão brasileiro, Hernanes tem boas lembranças do Náutico

Para ser campeão brasileiro de 2008, o São Paulo engatou 18 partidas – 12 vitórias e seis empates – sem perder no segundo turno do Nacional. E uma dessas vitórias jamais sairá da cabeça do volante Hernanes, grande personagem daquele ano para o Tricolor Paulista.

Foi justamente diante do Náutico, adversário desta quarta-feira, nos Aflitos, que o ex-camisa 10 do São Paulo marcou um dos gols mais importantes da sua carreira. Na 29ª rodada do Brasileiro de 2008, o Tricolor venceu os pernambucanos por 1 a 0, no Morumbi, com um gol de Hernanes aos 37 minutos do segundo tempo.

O triunfo fez com que o São Paulo diminuísse ainda mais a distância para o então líder Grêmio. Mesmo depois de quase quatro anos, Hernanes lembra com carinho e emoção daquele gol. No lance, o volante recebeu passe de Borges e, de fora da área, soltou o petardo para garantir os três pontos aos são-paulinos.

“Eu considero como um dos gols mais importantes da minha carreira. Era um jogo difícil e consegui marcar nos últimos minutos. Foi uma vitória importante para a nossa equipe naquela altura do campeonato”, disse o jogador, que atualmente joga no futebol italiano.

Natural de Aliança, Pernambuco, Hernanes começou a jogar futebol de salão no Santa Cruz e depois no próprio Náutico. Com 16 anos, ele chegou ao time juvenil do Tricolor. Com a camisa do São Paulo, ele disputou 223 jogos e fez 38 gols, além de ter conquistado o bicampeonato brasileiro – 2007 e 2008.

A ligação com o Náutico não para por aí. Os últimos três duelos entre as equipes acabaram com vitórias do São Paulo, todas com gols do volante. No palco da partida desta quarta-feira, Hernanes deixou sua marca no triunfo por 2 a 1, pelo Brasileiro de 2009. Hugo, hoje no Sport, marcou o outro.

“Era uma sensação especial jogar na minha terra, da minha cidade, perto dos meus amigos e familiares. Para jogar lá, é preciso ter respeito por eles, pois são sempre perigosos jogando em casa. E o São Paulo tem de jogar como sempre faz, que é buscando a vitória”, concluiu Hernanes.

Com 25 pontos, o São Paulo precisa voltar a vencer no Brasileiro após duas derrotas seguidas – Fluminense e Grêmio. Mesmo fora de casa, o Tricolor espera retornar do Recife com os três pontos na bagagem. Hernanes, que já brilhou neste confronto, já deu as dicas para o sucesso são-paulino.

Hernanes x Náutico:

Início
Ainda garoto, Hernanes deu os primeiros chutes na bola no Recife. No futebol de salão, o ex-são-paulino defendeu as cores do Santa Cruz e Náutico.

Histórico
Hernanes é o jogador da história do São Paulo que mais enfrentou o Náutico – são seis partidas (quatro vitórias e duas derrotas). Além disso, o volante é um dos que mais marcou no duelo – três gols. Serginho Chulapa fez quatro.

Gol importante
Pelo Brasileiro de 2008, Hernanes fez o gol que garantiu o triunfo sobre o Náutico por 1 a 0, no Morumbi. Vitória que colocou o Tricolor na rota do título brasileiro.

Repeteco
No ano seguinte, novamente no Morumbi, o volante marcou na vitória por 2 a 0, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2009.

Última vez
Já o último gol diante do Náutico aconteceu no returno do Brasileiro de 2009, justamente nos Aflitos. Na oportunidade, o São Paulo venceu por 2 a 1.

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*