Bem no returno, São Paulo mira pontos fora de casa e ‘dobradinha’

O São Paulo ostenta a sexta melhor campanha do segundo turno do Campeonato Brasileiro. São 18 pontos somados em 11 jogos, com cinco vitórias, três empates e três derrotas. Números que deixam a equipe fora da famigerada zona de rebaixamento, da qual já foi integrante em 14 rodadas.

Contentes pela evolução na segunda metade da competição, os jogadores entendem que precisam melhorar de desempenho fora de casa. Nesse quesito, o time detém o segundo pior aproveitamento do campeonato, com 11 derrotas, dois empates e duas míseras vitórias.

“O segundo turno tem sido muito diferente pela forma como temos trabalhado. Passamos momentos muito difíceis na competição, mas agora as coisas têm se encaixado melhor, temos feito melhores jogos. Mas precisamos melhorar a questão de buscar pontos fora para continuarmos crescendo na competição”, ponderou o lateral esquerdo Edimar.

“O returno vem sendo melhor, porque o time sentiu de verdade a urgência, a necessidade, e a dificuldade do momento. Acho que cada um está sentindo que pode dar mais um pouco. Se comparar o primeiro turno com o segundo, hoje o time tem mais maturidade. Isso no jogo não faz diferença, mas a médio e longo prazo faz”, avaliou o zagueiro Diego Lugano, que prosseguiu.

“Talvez o São Paulo tenha percebido que não adianta só colocar meninos novos no campo se a estrutura não está sólida”, disse o uruguaio, referindo-se às entradas dos experientes Edimar e Jucilei nos lugares dos jovens Júnior Tavares e Lucas Fernandes na última partida. “Mas ainda falta muito, temos muita coisa para fazer, porque a fase ainda é difícil”, acrescentou.

Como mandante, no entanto, o Tricolor de Dorival Júnior é o sexto mais competente do torneio: oito triunfos, cinco empates e apenas dois reveses. As vitórias no Morumbi e no Pacaembu, aliás, foram responsáveis por tirar a equipe da zona da degola. A oito rodadas do fim do Brasileiro, o São Paulo ocupa o 14º lugar, com 37 pontos, quatro acima do Z4.

“Vejo o time numa crescente muito boa, vem conseguindo fazer bons jogos dentro de casa. Claro que a situação em que estamos hoje não é boa, podemos alcançar mais coisas, subir mais na tabela pela qualidade do elenco. Mas a gente vem perdendo alguns jogos fora de casa e isso vem nos deixando numa situação muito difícil”, ressaltou o zagueiro Rodrigo Caio.

O próximo compromisso do São Paulo é o clássico com o Santos, neste sábado, às 17 horas (de Brasília), no Pacaembu. Animado pelo triunfo por 2 a 0 sobre o Flamengo, o time tenta engrenar e se consolidar fora da zona de rebaixamento. A última vez que o Tricolor obteve uma série de duas vitórias seguidas foi em maio, quando fez 2 a 0 em Avaí e Palmeiras, pelas rodadas 2 e 3 do Brasileiro.

“A gente se recuperou bem, ganhamos jogos importantes, então agora temos de dar um passo a mais: vencer a segunda partida consecutiva, que é algo que não acontece há um tempo. Esperamos que seja sábado contra o Santos, um clássico, em que a dificuldade é muito grande. Mas sabemos que, diante da nossa torcida, num estádio onde a gente vem tendo bons resultados, podemos fazer uma grande partida”, encerrou Rodrigo Caio.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*