Bauza relaciona 20 jogadores no São Paulo para enfrentar o River Plate

O técnico Edgardo Bauza relacionou 20 jogadores para a partida do São Paulo contra o River Plate, nesta quarta-feira, no Morumbi, pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores. Com a volta de todos os titulares, poupados no fim de semana na derrota para o São Bento, pelo Paulistão, o Patón repetirá o time que goleou o Trujillanos por 6 a 0: Denis, Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt, Ganso, Michel Bastos e Kelvin; Calleri.

Como o regulamento da Libertadores só permite sete atletas no banco de reservas, dois terão que ser cortados da lista.

São cinco desfalques: Renan Ribeiro (aprimora a forma física após se recuperar de cirurgia por apendicite), Breno (tendinite no joelho direito), Carlinhos (estiramento no posterior da coxa esquerda), Daniel (trauma no joelho direito) e Lyanco (treinos com a seleção brasileira sub-20).

O lateral-direito Caramelo e o meia Lucas Fernandes, nomes frequentes no banco de reservas, ficaram fora por opção da comissão técnica.

A partida está marcada para 21h45 e terá transmissão da TV Globo, do SporTV e do GloboEsporte.com, que também vai acompanhar em Tempo Real.

Veja a lista de relacionados:

Goleiros: Denis e Léo
Laterais: Bruno e Mena
Zagueiros: Maicon, Rodrigo Caio, Lugano e Lucão
Volantes: Hudson, João Schmidt e Thiago Mendes
Meias: Ganso, Michel Bastos e Wesley
Atacantes: Calleri, Kelvin, Alan Kardec, Centurión, Rogério e Wilder

6 comentários em “Bauza relaciona 20 jogadores no São Paulo para enfrentar o River Plate

  1. Nao entendi bem essa relaçao
    Nao temos lateral direito, esquerdo e nem meia reserva
    O Tecnico é maluco mas vamos pra cima Tricolooooor

  2. Já achei ruim deixar o Caramelo de fora. Vamos pro jogo sem lateral reserva.
    Mas não importa.
    É hora de apoiar incondicionalmente. Uma vitória amanhã muda o astral, ainda que o River seja uma baita farsa.
    Confiança é um elemento importante no esporte. E esse time precisa disso.
    A classificação ainda depende de um resultado em La Paz. Mas o que parecia impossível agora não é mais.
    Vamu São Paulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*