Bauza pede desculpas por 4 a 1 e diz que parte física resultou em goleada

O técnico Edgardo Bauza pediu desculpas à torcida do São Paulo depois da goleada sofrida por 4 a 1 em Osasco, para o Audax, pelas quartas de final do Paulistão. Para o treinador argentino, o São Paulo perdeu porque mostrou preparo físico pior que o time da casa.

“No primeiro tempo tivemos 3 ou 4 opções para fazer o gol mas não conseguimos. No segundo tempo fisicamente não pudemos sustentar o ritmo. Amanhã começamos a preparar o jogo em La Paz”, falou Bauza, que respondeu da mesma forma ao ser novamente questionado sobre o que motivou a derrota.

“Já disse o que aconteceu. Fisicamente não conseguimos manter o ritmo do primeiro tempo. Depois com as mudanças o time se desorganizou”, falou. “Pedimos desculpas pelo jogo, viemos com a intenção de fazer um bom jogo e realmente não pudemos”, disse.

Questionado sobre Lugano, Bauza defendeu o zagueiro uruguaio, que acabou cometendo erros em dois dos quatro gols do Audax. “Claro que estou de acordo com o que joga Lugano. Hoje terminamos defendendo com pouca gente. Audax teve mais facilidade para atacar. Então foi mais fácil para o Audax”, falou.

Bauza admitiu o incômodo por não ter conseguido ainda uma vitória fora de casa pelo São Paulo.

“Sempre me incomoda, porque o São Paulo tem sempre a obrigação de ganhar. Não conseguimos um triunfo como visitante, que é algo que nos motiva”, disse.

4 comentários em “Bauza pede desculpas por 4 a 1 e diz que parte física resultou em goleada

  1. Seu Bauza errou em escalar esse time titular sabendo que nao renderiam, tem a maior parte da culpa, se queria preservar os jogadores para o jogo da libertadores teria que ter entrado com um time titular mesclado com reserva, o ruim que nao temos reserva a altura, colocasse o time inteiro sub 20 que teria feito mais bonito, pelo menos nao teria a desculpa do cansaço.
    Seu Bauza acho que se o time nao se classificar na libertadores vc ja era.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*