Bauza lamenta acidente e recorda ex-companheiros Caramelo e Mario Sérgio

A tragédia e queda de um avião que vitimou a maior parte da delegação da Chapecoense e membros da imprensa esportiva segue comovendo personalidades e clubes pelo planeta. Na tarde desta terça-feira, foi a vez do técnico da Argentina, Edgardo Bauza, lamentar o acidente.

Patón recordou especialmente a morte do jornalista Mario Sérgio, com quem atuou junto no Rosário Central, em 1979, além do lateral Matheus Caramelo, treinado por Patón durante sua passagem no São Paulo. Tanto o profissional da imprensa quanto o atleta faleceram no acidente .

“Bom, realmente há notícias que causam um grande impacto na gente, inesperadas, nos doem, não encontramos razões para entender. Essa tragédia da Chapecoense nos dói, principalmente para as pessoas do futebol. Por isso gostaria de mandar uma saudação a todas as pessoas de Chapecó, a todos os familiares, já falei com alguns lá. Particularmente, perdi duas pessoas que eu gostava muito. Uma delas era Mario Sérgio, com quem eu joguei junto e hoje era jornalista na Fox. A outra era Caramelo, um lateral que eu pude treinar no São Paulo, são dores muito mais grandes por isso. Bom, por isso reafirmo meu abraço a todos os familiares e pessoas de Chapecó, que tenham força”, disse o técnico da Argentina.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*