Bauza arma São Paulo sem Centurión e com volta de Lugano à zaga

O São Paulo novamente terá novidades para o duelo deste sábado, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Paulista. Nesta sexta-feira, o técnico Edgardo Bauza promoveu o retorno de Lugano à zaga, no lugar de Rodrigo Caio, que será poupado. O uruguaio jogará ao lado de Maicon, reforço que veio do Porto (POR) e estreou na última quarta-feira, na vitória por 2 a 0 sobre o Novorizontino.

Bauza também abriu mão de Centurión, com relação ao time titular utilizado com mais frequência. O meia-atacante já tinha ficado fora da última partida, machucado, mas desta vez é por opção técnica. Ele treinou normalmente nesta sexta-feira, mas no time reserva. Wesley ganha nova chance atuando aberto pela direita.

A formação testada e que pôde ser observada apenas em parte do treino, já que a atividade foi fechada, teve: Denis, Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Wesley, Ganso e Michel Bastos; Calleri.

Além da parte tática, o treinador argentino também treinou com insistência jogadas de bola parada. Ele orientou os jogadores em posicionamento defensivo e ofensivo. Nos últimos jogos, o São Paulo tem se utilizado do recurso e marcou seus últimos três gols após lances desse tipo.

 

Fonte: Uol

7 comentários em “Bauza arma São Paulo sem Centurión e com volta de Lugano à zaga

  1. ESSE PATON EL BURRON TODO JOGO COM 3 VOLANTE PARA Q TER LATERAIS SE TIVESSE UM POUCO DE NOCAO COLOCARIA ALA ENVEZ DE LATERAIS E COLOCARIA MAIS UM ATACANTE MAIS ESSE ESTILO BURRON AINDA VAI DAR COM OS BURROS NA AGUA VAMOS VER ATE ONDE VAI…

  2. Gostaria de ver esse garoto “Lucas Fernandes” no lugar desse Wesley. e também concordo com o amigo “Fabio” gostaria também de ver o R.Caio no lugar do Hudson.

  3. Tecnico fraco e retranqueiro , não dura até o fim do ano como técnico do São Paulo.

    Bauza me lembra demais Adilson Batista.

    Alias o ultimo técnico que tinha me dado raiva por ser retranqueiro era o Adilson Batista ,e Bauza esta conseguindo ser igual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*