Aval de Pratto faz São Paulo crer em novo símbolo de luta com Gómez

chegada de Jonatan Gómez ao São Paulo recebeu um aval importante: o de seu compatriota Lucas Pratto, capitão da equipe quando Lugano não joga. Símbolo de comprometimento, o centroavante argentino, consultado pela diretoria, ressaltou o espírito de luta do novo companheiro.

Os cartolas se animaram, pois é um grupo com essa característica que eles desejam comandar. Algo, aliás, que se repete há anos no São Paulo – e raramente dá certo. Com poucas exceções, os elencos não conseguem se livrar da marca de serem poucos competitivos.

Mas não foi apenas pela indicação de Pratto que o Tricolor contratou o meia argentino. O departamento de análise de desempenho entregou um relatório bastante favorável à diretoria. Rogério Ceni também viu e gostou. O técnico disse que já conversou com seu novo jogador.

Jonathan Gomez foi anunciado na última quarta pelo São Paulo (Foto: site oficial do SPFC)Jonathan Gomez foi anunciado na última quarta pelo São Paulo (Foto: site oficial do SPFC)

Jonathan Gomez foi anunciado na última quarta pelo São Paulo (Foto: site oficial do SPFC)

– Eu posso falar do Gómez. Falei com ele por telefone, é um meia argentino de boa produção de jogo, que joga mais pelo meio, mas sabe fazer outras funções. Tem boa intensidade e foi um negócio que valeu a pena financeiramente. Eu vi e gostei bastante – afirmou o ex-goleiro, que não quis comentar as iminentes chegadas do zagueiro Arboleda, do meia Petros e do volante Matheus Jesus, ainda não anunciados pelo clube.

Na visão da comissão técnica, Gómez, que se destacou pelo Santa Fé, da Colômbia, cumpre função tática semelhante à de Cueva. Com menos brilho e talento do que o peruano, porém, com mais força e imposição.

  • Veja a opinião de jornalistas colombianos sobre o reforço

Para Maurício Agudelo, da rádio “Gente, Passion y Futbol”, de Medellín, Jonatan Goméz é um jogador que vai acrescentar muito ao São Paulo.

– Hoje, ele é uma das principais figuras do futebol colombiano. Começou sua carreira no Rosario Central e se destacou no Banfield. Passou por alguns clubes até chegar ao Deportivo Pasto aqui na Colômbia. Foi tão bem que acabou contratado pelo Santa Fé. Ele tem características parecidas com as de Cueva: é encantador em campo, rápido, vertical .

Seu companheiro na rádio, Arley Cardona, revela as principais armas do meio-campista.

– Ele é um armador nato, gosta de chegar à área e tem um chute muito forte de fora da área. É uma peça muito útil para atuar na metade ofensiva do gramado, mas também volta para marcar. Corre muito em campo, se dedica demais. Sem dúvida, terá sucesso .

Já para Joza Novalis, editor do site “Futebol Portenho”, Goméz se destaca pela “leitura do jogo”.

– O melhor espaço para o Gomez é o centro do campo, entre o segundo e o terceiro terço. Mas é admirável como ele consegue armar a equipe de qualquer lugar dentro de campo. Ele consegue armar, ter boa marcação e tem a capacidade para se deslocar para os lados.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*