Atlético-MG acusa São Paulo de aliciamento a Réver e irá ao STJD e na Fifa protestar

O Atlético-MG se irritou com um suposto aliciamento do São Paulo ao zagueiro Réver, e promete ir ao STJD e até na Fifa para protestar contra o Tricolor. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube mineiro na tarde desta sexta-feira.

Um dirigente do São Paulo conversou diretamente com Réver e seu empresário, Fábio Melo, para tentar um possível acerto salarial e para o jogador forçar a saída do time mineiro, o que irritou os dirigentes do Atlético.

O empresário do jogador, Fábio Mello, desconversou sobre a hipótese de Réver deixar o Atlético-MG. “Réver tem contrato com o Atlético e qualquer notícia sobre sua saída é especulação”.

A reportagem do UOL Esporte tentou entrar em contato com o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, e os dirigentes do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes e Adalberto Baptista, e nos três casos não obteve sucesso.

Ao Blog do PVC, Adalberto Baptista explicou que esteve com Kalil há cerca de um mês e fez uma proposta por Réver, que não foi aceita pelo Atlético-MG.

Réver se recupera de uma lesão no púbis que o tirou dos jogos contra o Náutico, Grêmio e agora Portuguesa. O jogador possui contrato com o alvinegro mineiro até julho de 2014 e já manifestou interesse em prorrogar. O diretor de futebol, Eduardo Maluf disse que o capitão não irá sair do Atlético, “Não recebemos proposta por ele”, explicou ao UOL Esporte.

O defensor, que é peça fundamental no esquema do técnico Cuca e titular absoluto, já realizou 91 jogos com a camisa atleticana. Seus direitos econômicos são divididos de forma igual, entre o Wolfsburg, da Alemanha, seu ex-clube antes do Atlético e o Banco BMG, parceiro alvinegro.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*