Artilheiro, Ganso explica porque já fez mais gols em dois meses que em 2015

Em 41 dias de 2016, Paulo Henrique Ganso fez mais gols do que no ano inteiro de 2015. O chute de primeira, de pé esquerdo, no empate do São Paulo por 1 a 1 com o River Plate, em Buenos Aires, foi o quarto gol do meia na temporada. No ano passado, ele marcou três.

No último sábado, ele havia feito um golaço diante do São Bernardo, e na semana passada, também de fora da área, outro na vitória sobre o Mogi Mirim. Um feito inédito, segundo o próprio jogador, não só no São Paulo.

– Acho que até na carreira. Espero que eu possa fazer outro no domingo (contra o Palmeiras) se eu jogar, no jogo seguinte também, e assim sucessivamente – afirmou.

A fase artilheira tem um grande incentivador: Edgardo Bauza. O técnico argentino encara como uma missão importante recuperar o status do jogador, que surgiu como gênio, mas vive cercado de questionamentos nos últimos anos, tanto no rendimento em campo quanto no comportamento fora dele.

Além de cobrar frequentemente seu camisa 10, o Patón arma um sistema de marcação que não exige tanto do jogador. Quando o São Paulo não tem a bola, arma duas linhas de quatro. A primeira com os laterais e os zagueiros, e a segunda com os volantes e os homens que atuam abertos – Carlinhos e Centurión, como titulares, no último jogo.

Ganso tem mais liberdade para encostar em Calleri. Entretanto, a intensidade de seu jogo contra o River Plate valeu elogios do treinador.

– Ele jogou uma grande partida, foi importante na posse de bola e na participação de jogo. É um jogador que, quando se dispõe, não tem limite – elogiou Bauza.

E MAIS: Bauza comemora ponto na Argentina e prepara time reserva para clássico

O número muito superior de gols marcados pelo astro são-paulino deve-se, de acordo com suas próprias palavras, ao novo posicionamento e também a uma atitude mais agressiva.

– Estou mais próximo da área e chutando a gol. Antes eu não chutava tanto como estou chutando agora – admitiu.

O gol marcado no Monumental de Nuñez transformou Ganso no principal artilheiro do São Paulo neste ano, com quatro gols. Logo atrás dele o argentino vem Calleri, com três.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Artilheiro, Ganso explica porque já fez mais gols em dois meses que em 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*