Árabes não respondem e decisão sobre futuro de Denilson é adiada

Nesta terça-feira, o Al Wahda, clube dos Emirados Árabes Unidos, não respondeu à carta enviada pelo São Paulo com as condições para vender o  volante Denilson e a decisão sobre o futuro do jogador precisou ser adiada. A diretoria do Tricolor aceita receber 3,1 milhões (cerca de R$ 10,7 milhões) para liberar o atleta. Uma resposta dos árabes deve acontecer nesta quarta-feira, mas não concluirá as negociações.

Isso porque ainda faltará o acerto com Denilson, que está reticente em se transferir para um país desconhecido e com pouca expressão no futebol. A primeira oferta salarial feita pelo Al Wahda foi rejeitada pelo jogador. Ele considerou os valores pouco acima do que recebe no Brasil para mudar de país. Uma pessoa ligada a Denilson disse também que ele não gostou dos novos termos que lhe foram sinalizados.

A conversa que teve com o técnico Juan Carlos Osorio também pesou. O colombiano disse que conta com ele para a sequência da temporada, principalmente após a venda de Rodrigo Caio para o Valencia (ESP). Denilson ficou honrado com a postura do treinador, mas ainda não descartou uma saída. Mesmo porque caso aceite pagar o valor pretendido pelo São Paulo, o Al Wahda também subirá a oferta salarial.

Quem conduz as negociações por parte do jogador e passa as informações dos árabes ao São Paulo é o empresário Andre Cury. O agente assegura que só negociará salários com o volante se os clubes se acertarem.

Dos 3,1 milhões de euros da possível transação com os árabes, o São Paulo teria ficaria com 40%, parte dos direitos econômicos que possui do atleta. Isso daria algo em torno de 1,3 milhão de euros (cerca de R$ 4,5 milhões). Outros 50% pertencem a investidores  e 10% ao próprio atleta.

Denilson tem contrato até dezembro de 2017 com o São Paulo e tem sido titular do time nos últimos jogos. Menos no último, pois pediu dispensa e não encarou a Chapecoense, no último sábado, em Chapecó, na vitória por 1 a 0 na Arena Condá..

Fonte: Lance

Um comentário em “Árabes não respondem e decisão sobre futuro de Denilson é adiada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.