Após renovar com Cueva, São Paulo se volta para Rodrigo Caio

A diretoria do São Paulo conseguiu tranquilizar o técnico Rogério Ceni ao renovar o contrato do meia Cueva, se protegendo do assédio de clubes de fora sobre seu principal jogador. Agora, para complementar o planejamento para o departamento de futebol, as atenções serão voltadas para a reformulação do contrato do zagueiro Rodrigo Caio.

O contrato de Rodrigo Caio vence em outubro de 2018 e já foram realizadas algumas rodadas de negociações, mas ainda sem acordo. O São Paulo fez uma proposta no início do ano, mas o jogador considerou que seus interesses não foram atendidos. Desde então, as partes tentam alinhar um novo acordo.

A diretoria concorda que Rodrigo Caio tem vencimentos defasados. A última valorização aconteceu em outubro de 2013. A disparidade é ainda maior se considerar os principais jogadores do elenco, sobretudo seu companheiro de zaga Maicon, um dos que recebem próximo ao teto, hoje de R$ 400 mil.

Rodrigo Caio é visto como fundamental pelo técnico Rogério Ceni, que confia planamento no jogador de 23 anos. A permanência do zagueiro, aliás, foi uma das exigências do comandante quando fez o planejamento com a diretoria.

A valorização daria tranquilidade e motivação para Rodrigo Caio atuar por pelo menos mais seis meses. A diretoria não descarta negociá-lo no meio do ano, quando a janela de transferências estará aquecida na Europa. Vale lembrar que Rodrigo já teve perto de sair em duas janelas, uma para o Monaco (FRA) e outra para o Atlético de Madrid (ESP), mas as negociações fracassaram.

Um fator que pode prorrogar a passagem do defensor pelo São Paulo é que o clube já tem encaminhada a venda do jovem Lyanco, de 20 anos, ao Atlético de Madrid (ESP). O clube deve receber cerca de R$ 20 milhões. Além de Rodrigo e Lyanco, o elenco atual conta com Maicon, Lugano, Breno, Lucão e Douglas para a posição de zagueiro.

A diretoria também gostaria de ter renovado o contrato do volante João Schmidt, que acaba agora em junho. No entanto, o jogador preferiu assinar um pré-contrato com a Atalanta (ITA), para onde se transferirá no segundo semestre. Passou também pelo planejamento a chegada de reforços, que por ora está congelada.

O São Paulo contratou o goleiro Sidão, os volantes Jucilei e Cícero, e os atacantes Neilton, Wellington Nem e Lucas Pratto.

 

Fonte: Lance

3 comentários em “Após renovar com Cueva, São Paulo se volta para Rodrigo Caio

  1. Dependendo do que oferecer no meio do ano terá de vender é assim que funciona o futebol. Se oferecerem um valor na casa dos 15 , 18 milhões de Euros venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*