Após fazer gol inédito, Fernandes sonha em substituir Ceni nas faltas

A manhã deste domingo certamente será inesquecível para o garoto Lucas Fernandes. Além de ter marcado o único gol da vitória do São Paulo sobre o Botafogo, em Volta Redonda, o jogador de apenas 18 anos foi o primeiro a ter sucesso em uma cobrança de falta após a aposentadoria, no fim de 2015, do ex-goleiro Rogério Ceni, especialista nesse quesito. De quebra, o meio-campista foi o principal responsável por quebrar um jejum que durava 13 partidas sem que o clube do Morumbi vencesse fora de casa.

O gol saiu aos 21 minutos da partida, válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, após Alan Kardec receber falta na entrada da área. Na cobrança, Lucas bateu por cima da barreira e no canto esquerdo do goleiro Helton Leite, que chegou a tocar na bola, mas sem impedir que a rede balançasse. O último tento tricolor de falta havia ocorrido no dia 3 de junho, por Michel Bastos, contra o Santos.

“O Kardec pegou a bola, também um voto de confiança que ele me deu, ele sabe que eu treino bastante e gosto de bater falta também, e ele falou: ‘Pega a bola e bate que eu sei que você consegue’. Aí eu peguei, com atitude, e pude acertar um belo chute. Depois, ele falou: ‘Eu disse que você ia conseguir’”, contou a revelação das categorias de base do São Paulo.

Na comemoração, Fernandes não conteve as lágrimas em função de seu primeiro gol como atleta profissional do Tricolor. “Feliz pelo primeiro gol, começar assim. Acho que foi muito importante para a minha carreira e espero que seja o primeiro gol de muitos”, celebrou em entrevista após a partida.

Questionado se almeja se fixar como batedor de faltas do time do Morumbi, o jovem demonstrou estar disposto a isso e foi mais além. “Sim, espero que meus companheiros depositem o voto de confiança em mim. Vou treinar bastante pra isso, porque não é fácil. Substituir um cobrador de faltas, como o Rogério, mas no dia a dia vou treinar bastante para que eu conquiste este espaço dentro de campo e ser um bom cobrador de faltas”, vislumbrou o meia.

O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira para fazer o segundo confronto com o Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, em Belo Horizonte. Após vencer o duelo do Morumbi por 1 a 0, o time paulista joga por um empate para seguir adiante na competição continental.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.