Após boicote, clubes pedem exclusão do São Paulo da Taça BH

Após a oficialização do boicote ao São Paulo na Copa 2 de Julho, agora é a Taça BH de Futebol Júnior que está ameaçada de não acontecer caso tenha a participação do clube do Morumbi. Nesta quarta-feira, a Federação Mineira de Futebol (FMF) enviou os convites aos clubes para o torneio, que ocorre em agosto, e já recebeu respostas de participação condicionada à exclusão do São Paulo.

Além das respostas formais à FMF, os clubes se organizaram e enviaram uma carta à federação com o pedido para que o São Paulo seja desconvidado da Taça BH. Solicitam que a entidade envie um comunicado ao coordenador de base José Geraldo de Oliveira e ao diretor Adalberto Baptista avisando sobre a exclusão. Os clubes avisam que querem uma resposta até o fim da semana que vem, e que não viajarão até Minas Gerais caso a tabela do campeonato contenha o São Paulo.

O torneio sub-20 é o segundo maior do país entre as competições de base – menor apenas que a Copa São Paulo -, é televisionado em diferentes regiões do país e tem participação de 36 equipes. Os clubes que já pedem a saída do São Paulo tem confiança na exclusão por conta da exposição da competição em rede nacional.

O São Paulo foi denunciado no início deste ano por descumprir o código de ética firmado entre 40 clubes (Série A e B do Brasileirão) ainda no ano passado, que firmou o pacto que evita o aliciamento de atletas sub-17 sem conhecimento do clube detentor dos direitos econômicos.

Somadas às denúncias de aliciamento, o clube do Morumbi contratou dois atletas da Ponte Preta, dois do Grêmio Prudente e um do Corinthians. O lateral-direito Foguete, do Vasco, deixou o clube carioca por salários atrasados, assinou pelo São Paulo, mas também é motivo de reclamação de aliciamento por parte do Vasco.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*