Apesar de viagens e maratona de jogos, Kardec se diz privilegiado

As longas viagens pela Copa Sul-Americana somadas aos compromissos do Campeonato Brasileiro estão deixando todos no São Paulo preocupados com a condição física dos jogadores. Considerando a partida contra o Emelec nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, o Tricolor terá entrado em campo sete vezes em 21 dias. Além dos adversários, a equipe também enfrenta os longos e demorados percursos, com escalas, como o de cerca 3.000 km e seis horas para chegar a Talcahuano e enfrentar o Huachipato, e o de 10 horas e 7.000 km até Guayaquil, no Equador, para o jogo desta quarta.

No entanto, o que poderia ser motivo de reclamação para muitos, Alan Kardec enxerga como algo positivo.

– Não me recordo de ter passado por viagens tão longas como essas. Mas em vez de ficarmos reclamando, nós temos de agradecer que temos essas viagens porque muitos queriam estar no nosso lugar. Sabemos que somos privilegiados de disputar o título da Sul-Americana e também ter chances no Campeonato Brasileiro – disse o atacante, durante embarque da equipe para o Equador, na última segunda-feira.

Kardec marcou nos últimos três jogos do Tricolor (vitórias de 3 a 0 sobre o Goiás, 4 a 2 diante do Emelec, e 2 a 1 frente ao Criciúma). Além disso, o técnico Muricy Ramalho já elogiou o camisa 14 por ser um dos que mais se dedica e ajuda na marcação durante as partidas. Por essa razão, atacante também é um dos que mais se desgasta fisicamente.

– Eu não estaria viajando se não estivesse bem. Temos profissionais capacitados que nos ajudam na recuperação. São jogos desgastantes, viagens, mas sei que tenho a confiança da comissão técnica – afirmou Kardec.

Para conquistar uma vaga na semifinal da Sul-Americana, o São Paulo pode empatar e até perder de um de gol de diferença, ou por dois, desde que faça três ou mais. O time que passar pega o vencedor de Nacional de Medellín, da Colômbia, e Universidad César Vallejo, do Peru (na primeira partida, os colombianos triunfaram por 1 a 0).

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*