Apesar de gratidão a Jorge Wagner, Muricy esfria volta do meia

O meia Jorge Wagner, do Kashiwa Reysol (JAP), entrou em contato com o São Paulo recentemente para reforçar seu desejo de retornar ao clube, mas isso não deve acontecer. Comandante de Jorge em 2007 e 2008, no bicampeonato brasileiro, o técnico Muricy Ramalho é só elogios ao profissionalismo do jogador, mas não se animou com a possibilidade de contar com ele agora.

O que mais pesa contra Jorge é a idade. O meia completa 35 anos no próximo dia 17 de novembro e, na visão do técnico, já não tem o mesmo vigor físico de quando era utilizado na meia e ala esquerda.

A primeira vez que Jorge demonstrou o desejo de voltar aos profissionais do São Paulo foi no início de agosto, quando o Tricolor esteve no Japão para a disputa da Copa Suruga, contra o Kashima Antlers. Jorge visitou o vestiário após a derrota de 3 a 2 e conversou com dirigentes e membros da comissão técnica.

Jorge Wagner chegou ao São Paulo em 2007, contratado por empréstimo do Betis (ESP) e ficou até o fim de 2010. Ele foi peça chave do esquema de Muricy nos Brasileiros de 2007 e 2008, como um dos principais assistentes do time e homem forte da bola parada, arma letal do comandante. Também trabalhou com Muricy no Inter, em 2005.

Fonte: Lance

2 comentários em “Apesar de gratidão a Jorge Wagner, Muricy esfria volta do meia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.