Antes dispensável, Caramelo agarra chance e ganha confiança de Bauza

Mateus Caramelo é um nome que o torcedor são-paulino passou tanto tempo sem ouvir que muitos se assustaram ao ver que o lateral direito, contratado no meio de 2013 e com apenas três partidas pelo clube até o momento, havia sido integrado ao plantel principal por Edgardo Bauza. Após passar 2015 emprestado à Chapecoense, ele ganhou do treinador uma chance para completar os treinos e, ao final da pré-temporada, ser emprestado. Mesmo desacreditado, porém, conseguiu se firmar entre os atletas, foi inscrito na Libertadores e acabou titular na goleada por 4 a 0 sobre o Água Santa, no sábado..

“Fico feliz pelo jogo que fiz, principalmente pela vitória, agradeço a confiança de todo mundo. Isso é consequência do trabalho, o importante é a gente sempre trabalhar”, disse o jogador, que fez seu primeiro jogo como titular no triunfo tricolor sobre o time de Diadema, e foi brindado com duas assistências para os gols de Calleri e Thiago Mendes, ambos na etapa final.

Contente pelo desempenho, ele saiu do estádio do Pacaembu bastante extasiado pelos 90 minutos que teve neste Carnaval. Enquanto a maioria dos jogadores saíam rápido para curtir um pouco da folia antes do treinamento deste domingo, ele conversou pacientemente com a imprensa e respondeu a todos os questionamentos. “Esperei por uma chance e ela acabou aparecendo. Não posso dizer que esperava, mas sempre trabalhei para isso”, assegurou.

O caminho para a tarde mágica no Pacaembu acabou se firmando na frente do jogador, que agradou pelo bom desempenho nos treinos e pela ausência de reservas para Bruno, titular da posição. Auro, oriundo da base como lateral, é visto como muito deficiente na marcação por Bauza. O treinador só escalou o garoto como meia até o momento e Buffarini, do San Lorenzo, seu desejo para o setor de Caramelo, não deve chegar.

“A atuação boa não foi só dele, mas de todo o time, e cada partida é algo importante para mim para ver o desempenho e como jogam”, analisou o técnico Edgardo Bauza, celebrando o fato de ter mais um postulante ao time titular dentre os seus comandados.

“O que fazemos é uma competição interna porque sabem que o melhor vai jogar. Hoje (sábado) o Caramelo foi bem, Bruno também foi bem no Peru. Me alegro que ele tenha jogado bem porque é uma opção que me dá para o time. Há muitas partidas em que necessitamos de todo o plantel. Não asseguro a posição de titular de ninguém”, encerrou o treinador.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Antes dispensável, Caramelo agarra chance e ganha confiança de Bauza

  1. Sempre achei o Caramelo no mínimo regular, não teve chances de mostrar nada, estreou com o Muricy na volta do técnico e foi bem, estranhamente o Sr. Treineiro não lhe escalou mais, coisas típicas desse técnico.
    Agora que temos um técnico de verdade, alguns encalhados estão tendo chances e podem mostrar o que Treineiros passados não lhes deixaram mostrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*