Ano de estreias, emoções e aprendizado para Ewandro

A temporada de 2014, além de consagrar alguns atletas, também serviu para reservar mais aprendizado para alguns jogadores do elenco, como no caso do jovem Ewandro. O atacante, que começou o ano disputando a Copa São Paulo de Futebol Junior, foi promovido ao time principal no primeiro semestre, teve a oportunidade de conviver com grandes ídolos e pôde marcar o seu primeiro gol.

Sob o comando do técnico Muricy Ramalho, o camisa 29 disputou 13 partidas, sendo duas especiais para o centroavante.  Durante a goleada sobre o Mogi Mirim, por 4 a 0, no dia 22 de janeiro, o treinador promoveu as estreias dos jovens Boschilia e Ewandro. Revelados no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, os jogadores não esconderam o frio na barriga ao defenderem pela primeira vez a equipe profissional.

Aos 38 minutos do segundo tempo, quando o São Paulo vencia por 3 a 0, com gols de Osvaldo, Luis Fabiano e Ademilson, a dupla foi chamada pelo treinador. Após receberem a instrução do comandante, os jogadores mostraram que são ‘pés-quentes’ e ajudaram o Tricolor na bela vitória sobre o Sapão. Outro duelo marcante para o camisa 29 foi a goleada sobre o Rio Claro por 6 a 3, no dia 30 de janeiro.

Em pleno Morumbi, o jovem entrou em campo no lugar de Luis Fabiano aos 34 minutos do segundo tempo. O Fabuloso, que já havia balançado as redes três vezes e empatado com França em número de gols marcados pelo clube (182), passou um pouco dessa inspiração para Ewandro, que aproveitou passe de Douglas para deixar sua marca pela primeira vez.

“Posso dizer que a minha temporada foi boa. Cresci e hoje sinto que já sou diferente. Tive oportunidades, tentei aproveitar ao máximo e espero que em 2015 seja ainda melhor. Estrear pelo profissional e marcar o meu primeiro gol foram momentos especiais. Também pude jogar com jogadores experientes, respeitados, e assim como eles quero escrever meu nome no clube também”, afirmou.

O atleta são-paulino ainda encheu a torcida de orgulho defendendo a Seleção Brasileira Sub-20 na Ásia. Com dois gols de Ewandro e dois de Boschilia, a Seleção bateu a China por 4 a 1 na final e ficou com o título da Panda Cup, que ainda contou com as participações da Croácia e Nova Zelândia.

De quebra, os jogadores revelados no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, tiveram mais motivos para comemorar. Com três gols, Ewandro foi o artilheiro da competição, enquanto Boschilia foi eleito o melhor jogador do campeonato.

Assim como Ewandro, o lateral-direito Luis Ricardo também pôde aprender mais durante o ano. Mesmo experiente e com passagens por grandes clubes, o camisa 27 afirmou que o dia a dia no Centro de Treinamento da Barra Funda com grandes ícones como Rogério Ceni, Kaká e Luis Fabiano trouxe mais bagagem.

“Comecei o ano jogando bem, com oportunidades, mas perdi um pouco de espaço no segundo semestre. Como aprendizado posso dizer que foi excepcional, porque o grupo dispensa comentários. E por isso acredito que 2015 será vitorioso para a equipe”, avaliou o ala, que disputou 17 partidas, sendo titular em 14, e balançou as redes uma vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.