Alguém me disse

O São Paulo estaria negociando com o Nacional do Uruguai a contratação do zagueiro Diego Polenta. Segundo jornais uruguaios, o valor do passe seria de US$ 6,5  milhões. Na diretoria ninguém confirma a negociação, pois a estratégia – que acho acertada – é trabalhar em silêncio para evitar especulações e, consequentemente, aumento do preço. Mas na minha função de jornalista, cabe informar o que chega ao meu conhecimento.

 

Paulo Pontes

15 comentários em “Alguém me disse

  1. Alguém me disse

    Publicado em 10 de junho de 2017 por PauloPontes

    alguém me disse que : não adianta trazer jogador , porque o Rogério ceni não saberá aproveita-lo

    fora Rogério ceni entregador de camisa

  2. Acho necessária a contratação de um jogador assim, apesar de não saber a idade do jogador o valor está alto para o nosso padrão de investimento.

    Calculo que para gastar tanto num jogador devem estar apostando alto na qualidade do atleta e no seu valor de revenda.
    O grande problema das contratações é que as vezes não temos claro o plano de negócios que é feito em cima de certas contratações.

  3. Não acho um bom negócio, mesmo vendendo o Rodrigo Caio, podemos recompor com a base ou algum zagueiro da série B.
    Precisamos urgentemente de um meia armador para resolver, um protagonista, venderam o Lyanco por 19 milhões de reais e agora vão gastar mais de 20 milhões de reais em outro zagueiro, tá de brincadeira?

  4. PP, se for por esse valor, deixa para lá, muito caro. Recomendo 3 bons nomes para a a zaga, Tiago do Bahia, Marlon da Ponte e Luiz Otavio da Chape, devem custar 1/3 do valor do Polenta.

  5. Caro demais para a realidade do clube. Não vale a pena pagar tanto por um zagueiro no momento. Mesmo o time precisando desesperadamente de um bom jogador na posição.

    Essa quantia só se justificaria na aquisição de um meia de qualidade, que também necessitamos com urgência.

    Se a diretoria for competente de verdade realiza uma troca envolvendo o Buffarini. Ou Centurión. Ou Wesley mais o Dênis. Levando Lucão de brinde ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*