Aidar revela que proposta de redução salarial de Pato é menos da metade

Alexandre Pato terá que aceitar a diminuição do seu salário para ser contratado em definitivo pelo São Paulo. Atualmente, o atacante pertence ao Corinthians e está emprestado ao Tricolor até dezembro de 2015. Com um vencimento mensal de R$ 800 mil, cada clube arca com metade desse valor. O presidente Carlos Miguel Aidar revelou que a proposta para Pato seguir no Morumbi é diminuir em um pouco menos da metade seus vencimento.

– É menos da metade, menos da metade. (O tamanho da redução é) Um pouco menos da metade. Não dá para você ter salários astronômicos se você não tem receita correspondente – disse Aidar.

Além de metade do salário, o São Paulo paga os encargos do registro na carteira de trabalho de Pato, enquanto o Corinthians é responsável pelo aluguel do imóvel onde o atleta mora na capital paulista. Até dezembro deste ano, o Timão tem por contrato o direito de negociar o jogador se receber uma proposta de € 10 milhões (32,6 milhões). Nesse caso, o Tricolor teria o direito de igualar a oferta.

Ao explicar a situação financeira do clube, o presidente do São Paulo se queixou das taxas que um mandante em um jogo da Taça Libertadores precisa pagar ao receber a renda de uma partida. Carlos Miguel Aidar citou como exemplos as taxas das federações e afirmou que o assunto deve ser discutido na reunião entre presidentes dos clubes brasileiros, que acontecerá na próxima segunda-feira após encontro convocado pela CBF. Outro assunto que Aidar tratou foi sobre as dívidas bancárias que o Tricolor possui, que o mandatário classificou como “sufocantes”.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Aidar revela que proposta de redução salarial de Pato é menos da metade

  1. Realmente este Sr., a cada dia que passa se mostra mais amador do que nunca, este tipo de tratativas não podem vazar, espero que seja conversa fiada, ou realmente ele é completamente sem noção.

    • Concordo, para que revelar esse tipo de detalhe? Se de fato quiser ficar no tricolor vão existir outros times oferecendo mais, se nao, prejudica o atleta na negociacao com outro clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.