Aidar promete não beneficiar organizadas do SP e manter ingresso barato

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, afirmou nesta terça-feira que não permitirá tratamento diferenciado para as torcidas organizadas do clube durante a sua gestão e que manterá ingressos baratos durante todo o Campeonato Brasileiro.

Segundo o presidente, sua relação com os torcedores organizados será diferente da que era vigente com o antecessor Juvenal Juvêncio.

“O São Paulo não vai pagar ingresso e nem ajuda com viagem. Não sei como o São Paulo faz até hoje, mas não haverá subsidio na minha gestão”, afirmou Aidar durante participação no “Arena SporTV”.

Além de falar da nova relação entre o clube e as torcidas organizadas, o novo presidente tricolor tratou sobre o preço dos ingressos das partidas do time como mandante no Brasileirão.

“Todos os jogos do São Paulo no Morumbi terão ingressos baratos, menos em Barueri. Nos clássicos, ainda preciso ver”, disse o dirigente.

Aidar revelou que manterá ingressos de arquibancada a R$ 10 e o sócio torcedor pagará apenas R$ 3.

No ano passado, todos os setores da arquibancada custaram R$ 10 durante a campanha de recuperação do time no torneio. A promoção foi mantida no último fim de semana na vitória contra o Botafogo, quando mais de 31 mil torcedores foram ao Morumbi.

“Manterei os ingressos baratos por três motivos. Primeiro, tenho o estádio amortizado, não preciso de rendas gigantes para pagar dívidas. Segundo, crio espaço para novos torcedores. Facilito o acesso e levo mais gente para o estádio, além dos organizados. O terceiro, para mim, é óbvio. A torcida gritando estimula os jogadores, dá maior motivação”, explicou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.