À espera de Ceni e Osvaldo, Ney não escala São Paulo para estreia

O São Paulo que venceu o Londrina, talvez, não seja o mesmo que enfrentará a Ponte Preta, domingo, às 16h, em Campinas, pela estreia no Campeonato Brasileiro. O técnico Ney Franco ainda aguarda uma posição do departamento médico para saber se contará com o goleiro Rogério Ceni e o atacante Osvaldo, titulares absolutos da equipe.

– Não é o time. Foi uma observação. Temos a expectativa de utilizar o Osvaldo e o Rogério no domingo. São jogadores que fazem falta – afirmou.

Ceni faz tratamento intensivo para curar as dores no pé direito que sente desde o choque com Alexandre Pato no clássico contra o Corinthians, ainda pela primeira fase do Paulistão. O capitão sequer foi a campo com o elenco nos treinos da intertemporada no CT de Cotia para realizar trabalhos específicos. A tendência é de que atue no fim de semana.

Já Osvaldo, que levou uma pancada no quadril diante do mesmo rival, mas pela semifinal, está em um estágio avançado da recuperação. Ele participou de um trabalho físico no gramado nesta semana e será reavaliado na reapresentação do grupo, na sexta-feira, para saber se tem condições de viajar ao interior.

A presença dele, aliás, fará Ney Franco mudar o esquema tático. O treinador revelou em Londrina que pretende escalar o time com três atacantes: Osvaldo, Luis Fabiano e Silvinho. Caso isso aconteça, um dos jogadores do meio de campo perderá a vaga. Maicon é o mais provável a sair.

O zagueiro Rafael Toloi e o meia Paulo Henrique Ganso, ambos com problemas musculares na coxa esquerda, estão fora.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*