Eduardo Mesquita Pimenta oficializa candidatura à presidência

Agora é oficial: o ex-presidente, Eduardo Mesquita Pimenta, será candidato à presidência do São Paulo, conforme o Tricolornaweb havia antecipado ontem. Ele carregará consigo a oposição do São Paulo e tem esperança de angariar votos na própria situação.

A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira, após reunião de um grupo que possui membros tanto da situação quanto da oposição.

As lideranças que estiveram reunidas entendem que ele é o nome capaz de vencer o atual presidente, Leco, ou Roberto Natel, dependendo de quem seja indicado pela situação. Ocorre que Roberto Natel estava tentando viabilizar sua candidatura com apoio da oposição e de partidos da base, mas tinha ideia de ser o adversário de Leco.

Com a decisão de Pimenta, tudo muda no São Paulo. Ele teria hoje cem votos, num univeso de 240 conselheiros. Isso sem ter feito contato com os responsáveis por eleger o novo presidente.

Eduardo Mesquita Pimenta foi presidente do São Paulo entre 1990 e 1994, época em que o clube ganhou tudo, principalmente o bicampeonato da Libertadores e Mundial. Foi o responsável por ter convencido Telê a dar importância para a Libertadores, ainda em 1992, quando poucos levavam o torneio a sério no Brasil.

No final de 1994 ele foi expulso do conselho por, supostamente, ter negociado uma comissão na venda do atacante Mário Tilico três anos antes. Depois foi readmitido por conseguir provar sua inocência, dizendo que houve montagem em gravação que o incriminada. O laudo era da Unicamp.

Foi mais uma que o Tricolornaweb antecipou.

 

Paulo Pontes

 

10 comentários em “Eduardo Mesquita Pimenta oficializa candidatura à presidência

  1. Espero que seja o mesmo wue foi na sua primeira passagem, onde pegou o clube destruído pelo verme cachaceiro e o colocou no topo do mundo.
    É dinâmico, ousado e com certeza hj é a melhor opção pro clube que deixou as glórias no passado pela incompetência e roubalheira do jumencio safado e seus comparsas que ainda estão no poder.
    E pra aqueles que criticam a idade do Pimenta, idade não é sinônimo de competência ou incompetência, tem muito jovem sem idéias e caráter enquanto tem muitos senhores dignos e arrojados.

  2. Pqp, só podem estar de sacanagem.

    Que o Leco permaneça. Pimenta não, isso é um novo Aidar. Parece que sempre estamos andando pra trás, ta difícil de ter esperança no futuro do tricolor.

  3. É a cara do clube: velho, desconectado do futebol, advogado, rico, suspeito e vivendo das glórias do passado. O clube o merece.
    Definitivamente, não é a cara da torcida nem do time. Ninguém merece.
    Uma tristeza. Vão se passar anos, talvez décadas até que essa geração dominante no clube morra e uma renovação se esboce.
    Vamos virar a Portuguesa antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*