Mesmo jogando com raça, São Paulo/Suzano não resiste ao Joinville

Na noite desta segunda-feira, no Ginásio Roberto David, o São Paulo/Suzano entrou em quadra para tentar vencer o Joinville e a própria fase que vive na Liga Futsal. Na raça, o Tricolor dominou os visitantes, mas deixou a vitória escapar, sendo derrotado por 3 a 2.

O São Paulo/Suzano fez um bom primeiro tempo. No começo dos 20 minutos iniciais, o Joinville fez uma marcação mais adiantada e forçava os donos da casa a arriscarem lançamentos em profundidade e jogadas individuais. Do outro lado, o Joinville encontrou uma defesa bem fechada que não permitia o arremate em gol. A escassez de chances em inaugurar o placar durou pouco. As equipes se acostumaram com o jogo mais truncado e logo as oportunidades surgiram. O Tricolor buscava um jogo rápido e o Joinville trabalhava mais a bola.

Em um contra-ataque, o ala Matheus do São Paulo/Suzano sofreu uma falta e em uma jogada ensaiada, após a cobrança do fixo Piffer, Matheus empurrou para dentro do gol. Chances eram criadas pelos dois ataques, e os goleiros Pezão (São Paulo/Suzano) e Tiago (Joinville), tiveram que trabalhar muito. Em uma das jogadas, Johnny driblou da lateral-direita para o centro da quadra e sofreu a falta. O ala Guerra balançou a rede na sequência da jogada, mas já não valia mais nada, o juiz havia apitado. A cobrança de falta não assustou o Joinville e, logo em seguida, após uma saída errada do Felipinho, Vander Carioca roubou a bola e estufou a rede, empatando para os visitantes.

Com o placar igualado, ambas as equipes tiveram grandes oportunidades para terminar o primeiro tempo com a vantagem, mas o resultado permaneceu o mesmo (1 a 1) para a segunda etapa.

Joinville São Paulo/Suzano Liga Futsal (Foto: Thiago Fidelix)Matheus do São Paulo/Suzano fez o primeiro gol do jogo contra o Joinville (Foto: Thiago Fidelix)

As duas equipes voltaram com a mesma força. Para o time tricolor não existia bola perdida. Os jogadores tentavam na técnica e se não desse certo, a solução era na força. O São Paulo/Suzano fez o segundo gol no começo do segundo tempo. Thyago Piffer quase entrou com bola e tudo, mas não foi driblando o goleiro. O fixo precisou chutar a bola duas vezes para que conseguisse vencer o goleiro Tiago do Joinville.

O gol animou os donos da casa. O time estava melhor, tomando a iniciativa na partida e com chances de ampliar o placar, mas o São Paulo/Suzano vive um momento complicado. O Joinville não criava oportunidades, mas o empate aconteceu quando o fixo Ferrugem tentou afastar a bola para a linha de fundo e acabou encontrando a rede do goleiro Pezão (jogador do São Paulo/Suzano).

O empate no marcador passou a incomodar os donos da casa que tentavam de todas as formas conquistar a primeira vitória na Liga Futsal. Perdendo muitas oportunidades, o São Paulo/Suzano foi punido com um gol. Vander Carioca fez o segundo dele no jogo, definindo a vitória do Joinville por 3 a 2.

Na próxima rodada, o Joinville recebe o Marechal Rondon, neste sábado, às 19h, no Ginásio Centreventos Cau Hansen. O São Paulo/Suzano volta a jogar na próxima segunda-feira no Paraná. O Tricolor enfrenta o Guarapuava no Ginásio Joaquim Prestes, às 20h30.

Liga Paulista

Pela Liga Paulista de Futsal, o São Paulo/Suzano joga na quarta-feira, contra o São José, às 19h, no Ginásio Roberto David.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*