O time não é horrível, mas foi medonho.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, que futebol grotesco, digno de vergonha, o que o São Paulo apresentou no Rio de Janeiro nesta quinta-feira. O interessante é que até começou bem o jogo, dominando, tentando encurralar o Vasco em seu campo. Mas bastou uma falha ridícula de Jucilei, completada pelo Hudson, para o Vasco marcar seu gol e desmoronar qualquer esquema do São Paulo.

É impressionante como conseguimos nos abater e perder o foco jogando contra um timinho como é o do  Vasco, que está lutando para não cair novamente. E conhecemos São Januário. Lá tudo acontece. Nesta noite a invenção foi murchar as bolas. Ridículo. Coisa de time pequeno, como o Vasco se tornou. Mas não foi por isso que perdemos. Foi por ruindade absoluta mesmo.

Acho que Jardine entrou com o time correto. Não tinha Bruno Alves e Anderson Martins estava voltando de contusão. Sobrou Rodrigo Caio. Não tinha Diego Souza, Brenner e Gonzalo Carneiro. Sobrou Trellez. Não tinha Rojas. Sobrou Helinho. De resto, o time é isso daí. Não se acrescenta nada.

E, convenhamos, um time que liderou boa parte do primeiro turno e era tido por muitos como o grande favorito ao título, não pode virar uma pereba de uma hora para a outra. Não podemos contestar jogadores como Arboleda, Jucilei, Nenê, Diego Souza, Rojas e Everton. Mas saiu do eixo, e isso é fato.

No segundo tempo tivemos mais de 60% de posse de bola, mas com dois chutes na direção do gol – de Reinaldo e Nenê cobrando falta – e mais nada que colocasse o Vasco em risco. E merecedores, tomamos o segundo gol.

Analisando o time. O lado esquerdo foi vergonhoso. Reinaldo, que desde que foi chamado de Kingnaldo passou a carregar uma máscara maior do que ele, voltou a ser o  Tiririca. Quer ser o faz tudo do time e não faz nada certo. Deu um belo chute a gol, é verdade. Poderia ter marcado um golaço. Mas no resto do jogo cruzou todas as bolas nas pernas do marcador, errou passes, teve lances bisonhos. Everton, por sua vez, fez sua pior partida pelo São Paulo.

Criticam Diego Souza, dizem que com ele jogamos com um a menos. E com o Trellez: jogamos com quantos a menos?

Jucilei ficou perturbado. O erro que custou o primeiro gol fez com que ele errasse o jogo inteiro. Não que Hudson estivesse muito melhor, mas só saiu porque estava com cartão amarelo. Aliás, saiu para entrar Shaylon. No papel, grande alteração, de um técnico que não tem medo, que vai para cima. Na prática uma lástima, porque Shaylon não se convenceu ainda que é um jogador de futebol e que joga no São Paulo, no time profissional.

Nosso lado direito também padeceu de qualidade. Bruno Peres não se encaixou no São Paulo. Helinho não se convenceu que não pode viver de um gol que fez na estreia e que joga no time profissional. Assim sendo, tem que correr o tempo todo, não ficar com as mãos na cintura.

Nessa mediocridade – no sentido de muito ruim – toda sobraram os zagueiros. Rodrigo Caio até fazia uma boa partida, mas falhou no gol. Arboleda acabou se salvando. Esse joga sempre sério. E Jean… Bem, continuamos sem goleiro.

Já estou me conformando com o G5. Essa rodada nos dava a grande oportunidade de ficarmos no G4, empatados com o Internacional, que está em terceiro. Ou seja, nas duas últimas rodadas, dois times brigariam por duas vagas no G4. Mas nós estaríamos em vantagem. Agora o sonho acabou. Acho que vamos ganhar do Sport, mas também acho que o Grêmio ganhará do Vitória na Bahia. Acho que o Grêmio ganhará do Corinthians em Porto Alegre, mas também acho que o São Paulo não ganhará da Chapecoense em Chapecó. Portanto, bem vinda Libertadores. Ou melhor: bem vinda pré-Libertadores. Espero queimar a minha língua.

19 comentários em “O time não é horrível, mas foi medonho.

  1. A base do time é boa, mas para propor o jogo não da pra jogar com dois volantes sem chegada no ataque.

    Tentaria manter todos e contratar Wanderlei (Santos), Jean (Palmeiras), Jr Tavares (retornando), Hernanes, Bruno Henrique (Santos), Calleri.

  2. Vergonha perder para o Vasco, que também tem um time fraquinho, fraquinho.
    Técnico cascudo e bom hoje não existe no nosso mescado. Em 57 trouxemos o Bella Gutmann e recentemente o Ozório. Mostraram ser diferentes, com competência. A diretoria é fraquíssima e não tem essa coragem para uma contratação de um treinador de fora, mas hoje não vejo outra solução.
    Ficamos sem Militão, Régis, Everton, Rojas, jogadores que melhoravam nossas opções e por isso estávamos melhor no 1º turno. Contratar um bom técnico e vários jogadores são nossas necessidades, pois R. Caio, Bruno Peres, Jucilei, Hudson, Trellez, Edmar, Sidão seriam boas moedas de troca. Nenhum deles podem continuar no time. Mudança já para não passarmos vergonha em 2019. Vamos SPFC, acorde diretoria ruím!!!

  3. Paulo Pontes , libera o beto para comentar aqui no site. O cara além de ser gente boa é uma figura muito engraçada e nunca desrespeito ninguém aqui no site .

    Abraço

  4. time horroroso, nao merecia estar entrando nem na pré libertadores, pq vai dar vexame na libertadores, o problema que alem de termos uma diretoria incompetente em todos os aspectos, criaram esse grupo de notaveis (Rai e cia) para que? e precisamos de um treinador casca dura, e logico de pelo menos 5 ou 6 bons jogadores para serem titulares, e pq nao usar a base, é usado mas sao poucos que mostram algum valor, alias os garotos do sao paulo a unica coisa que pensam é jogar bem somente na base e etc, ganhar titulos na base para ser negociado para o Exterior é isso que vejo nesses garotos da base do sao paulo, por isso que nao se esforçam no time principal, pq como escreveu amigo abaixo é inadimissivel um garoto de 18, 19, 20, 21 anos nao ter folego para pelo menos dar o sangue pelo time, tem alguma coisa errada, mas enfim é isso que temos e pior diretoria e cia e jogadores nao tem vergonha na cara, muito cheio de mimimi, e seu Lugano que belo comentario e infeliz, como diretor ou sei la o que ele é nao tem nada que vir a publico falar qualquer porcaria do Nene ou de qualquer jogador, se quer jogar merd….no ventilador, lavar roupa suja que faça portas fechadas, Nene esta errado sim e o Lugano mais ainda.
    Mas vamos que vamos, torcer e rezar muito para que esse time nao nos envergonhe mais ainda.

  5. Paulo vc está certissimo em tudo que disse mas o que eu acho gritante no nosso time é que os moleques que entram não demonstram vontade em jogar. Tudo bem, não posso jogar a responsabilidade nas costas deles, mas é nítido a falta de vontade, podiam pelo menos correr o tempo todo pois saúde p isso eles tem.
    O segundo gol começou com a bola roupada dos pés do Shaylon, parecia q estava em final de treino com as bolas nos pés.E olha que entrou no segundo tempo.
    Mais uma vez vou dar o exemplo do time dos gambás que não tem qualidade alguma, mas eles lutam (correm) o jogo inteiro.

  6. Paulo, o time é horríve. A administração Leco é medonha.
    Estamos cercados por incompetentes. Raí foi colocado lá para servir de escudo ao Leco.
    Ele frequenta o clube Pinheiros e nada sabe de SPFC. NOSSO CONSELHO PRA NADA SERVE.
    ESTAMOS FADADOS, SE CONTINUARMOS COM ESSE TIPO DE ADMINISTRAÇÃO, A VIRARMOS UMA PORTUGUESA.

    • Como um presidente de um clube frequenta outro clube?
      Piada mesmo…..
      Sou socio do SPFC desde q nasci e no clube, superavitario por sinal, falta muita coisa (restaurante descente, estacionamento, uma boa area de lazer para criancas, etc)
      Fora Leco e fim a esse modelo politico de Conselheiros Vitalicios!!!!

  7. Pelo jeito, o único quarto lugar que comemorarei este ano – e na vida – foi o da Dilma.

    Jardine tinha a obrigação de testar. E o fez. Mas, para decepção da torcida tricolor, ficou claro que só Luan e, vá lá, Liziero tem condições de agregar ao time principal. Todos jogaram abaixo do esperado. Sinal de que não houve complô contra o Aguirre.

    O São Paulo precisa urgentemente contratar alguém … que saiba CONTRATAR.

  8. Paulo com ctza lê meus comentários!! Eu sou o que mais chama o D. Souza de um a menos !! Kkkkk….mas tenho que dar o braco a torcer , se tá ruim com ele , pior sem ele.
    Vendo sua live no insta hj e o comentário de um participante que disse que o Rogério ceni criticou a troca de técnicos constante que vive o Sp, e principalmente troca de tecnicos com estilos totalmentr diferentes, cheguei a conclusão que o sp deveria passar por um rebuild,mais ou menos como ocorre com os times da nba, se eu fosse o rai eu manteria o jardine lá e daria liberdade e tranquilidade total a ele pra treinar o sp pra jogar pra frente de forma ofensiva, mesmo que não ganhe nada ( afinal, já não ganhamos b….. nenhuma mesmo faz tempo) preparando assim o terreno para volta do Rogério como técnico lá em 2021. E aí sim com o time já com um padrão de jogo assimilado e uma base sólida ir em busca dos títulos. O curintia tem tecnicos de estilos parecidos desde 2009 com Mano Menezes e os resultados estão aí pra todo mundo ver, mesmo com times medíocres os caras ganham títulos ano sim , ano não pois troca se jogadores medianos mas a base do jogo está lá firme e sólida, sendo muito mais fácil de ser assimilada pelo elenco. Enfim , pelo menos seria uma tentativa diferente com base em trabalho a longo prazo, já estou acostumando a ficar sem títulos mesmo, pelo menos iria ver nosso sp jogando pra frente !

    • Exatamente isso !!!
      Fui eu quem falou….
      Assistam a entrevista dele….
      Muito boa !!!
      Insta: jaque_tilari (compartilhado com a esposa….kkkk….)

      • Entao cara, infelizmemte nos dias de hj o curintia tem que ser um exemplo pro sp!!
        Qual a explicação prum time que tem uma diretoria tão desorganizada ou pior do que a do SP ser campeão quase todo ano?? Os caras jogam do mesmo jeito desde 2009!! O sp precisa adotar esse modelo, pode ver que a molecada da base fica perdida quando vem pro profissional e tem que fica correndo atras de lateral do time adversário! SP precisa urgente resgatar sua identidade de futebol ofensivo e ai quem sabe daqui uns 3 ou 4 anos brigar por títulos. OS mlks da base subirão ao profissional sabendo como o time joga, os jogadores mediocres contratados saberão como o time joga! Enfim, acho que passa por ai a nossa salvação. Paulo, ajuda aí…..ajuda essa ideia chegar no Raí!! Nada de Cuca ou Abel Braga….eles têm currículo vencedor, mas o sp precisa de uma coisa nova, chega de mais do mesmo!

  9. Eu discordo o time é horrível e foi medonho.

    Rai é um desastre como dirigente , gastou milhões em jogadores fracos ,e montou um elenco péssimo ,e cheio de deficiência e agora quer efetivar um técnico que nunca treinou um clube profissional , num clube que não ganha nada a 10 anos em ano de Libertadores , Porque nem considero aquela Copa Sul Americana de meio tempo.

    Abel ou Carille pra 2019. e no minimo uns 7 ou 8 reforços

    Por mim a barca ia no fim do ano com Sidão , Jucilei , Everton Felipe , Trellez , Shaylon , Rodrigo Caio , Nene …. dos veteranos so manteria Diego Souza .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*