Despedida melancólica do Morumbi de um time que se imaginava campeão

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, é duro de acreditar, mas é verdade: o São Paulo, um time que ousou um dia se imaginar campeão do Brasileiro de 2018 -e  pior, iludiu a torcida – se despediu melancolicamente do Morumbi neste ano com um empate em 0 a 0 contra o Sport, que luga desesperadamente para fugir do rebaixamento. Mas hoje é o antepenúltimo colocado do campeonato.

A noite teve requintes de crueldade, porque, além da ruindade absoluta do time, ainda tivemos Nenê perdendo uma cobrança de pênalti. Aliás, se puxarmos na memória, ele já vinha batendo mal as penalidades. Algumas vezes falou pouco para o goleiro defender. Hoje coroou essa sequência e perdeu aquele que seria o gol da vitória do São Paulo.

O primeiro tempo foi muito amarrado. O Sport armado para se defender e tentar levar um ponto de São Paulo para Recife e o São Paulo não sabendo como abrir a retranca adversária. Um chute de Helinho, uma chance perdida por Nenê, outro de Jucilei, uma cavada de pênalti de Reinaldo – não foi – quando poderia ter feito o gol, e foi o que tivemos. O time não conseguia penetração, não criava nada, a não ser as que citei.

No segundo tempo o time veio mais aceso. Prensou o Sport em seu campo, passou a arriscar mais chutes de média distância, principalmente com Helinho. Liziero era quem mais procurava armar o jogo. Aliás, ele fez boa partida. Sofreu o pênalti que Nenê perdeu.

Encontrei destaque individuais no time, como Arboleda, Liziero e Helinho (no segundo tempo). A substituição de Jardine, tirando Helinho e colocando Antony acabou com a única jogada que o São Paulo ainda conseguia produzir, quando ele trazia da lateral para o meio do campo e batia de perna esquerda, sempre levando perigo.

De resto, um horror. Reinaldo e Araruna exageraram na dose de cruzar no corpo dos adversários. Diego Souza não queria marcar, preferia servir, mas ninguém conseguia complementar para gol. Nenê, a decepção. Correu, buscou a bola, eu até iria destacar essa sua participação ativa no jogo, apesar dos passes errados, mas o pênalti perdido é indesculpável.

No final do jogo, os 15 mil pagantes que apoiaram o time o jogo todo, cantando e gritando, passaram a chamar o time de amarelão e deram uma sonora vaia em todos. Merecida. Até porque mais um ano que sonhamos com alguma coisa e vamos nos contentar com a Pré-Liberadores. E um sofrimento que começa agora, pois só duas coisas estão faltando para nossa humilhação total e nos igualar aos nossos rivais: ser rebaixado (não seremos) e sermos eliminados na Pré-Libertadores. Aí já não posso apostar minhas fichas de que não seremos.

20 comentários em “Despedida melancólica do Morumbi de um time que se imaginava campeão

  1. Tenho pena do Jardine, vai pegar um elenco cheio de CBD, só vai sair bem se tiver peito de barrar os CBDs, se fizer isso e colocar o resto no eixo pode até vingar como tecnico.

  2. Com essa diretoria esquecam.
    Sao repugnantes, isso basta.
    Falar mais nao adianta, time amarelao.
    O Wagner abaixo descreveu certo os que se salvaram,
    concordo plenamente.

  3. Com jardine seremos reibaixados no paulista e cairemos na pré libertadores. Time mal gerido e que tem referencia o Vasco da gama. Lamentavel]
    #JardineAindaNão

  4. Quem sofreu o pênalti que o Sr Nenê bisonhamente perdeu foi o Everton.
    Ontem os poucos que se salvaram do naufrágio foram Araruna (1.000 mais participativo que o bailarino Bruno Peres), a dupla de zaga (sempre segura), Liziero (apoia muito mais que os dois volantes titulares) e o Helinho (o único que procurava fazer jogadas individuais.
    Jean não foi testado, Jucilei lento como sempre e erra passes em demasia, Reinaldo, Nenê, Diego Souza e Everton (a patota que esta cag…… e andando).
    A propósito até quando certos jogadores vão literalmente tirar o pé contra seus ex-clubes? Ou vão dizer que ontem Reinaldo e Diego Souza não tiveram dó de rebaixar o Sport?

  5. Com esse time ruim…com esse treinador sem experiência o São Paulo não passa a pré libertadores da América…O São Paulo para o próximo ano precisa de um time inteiro…jogadores de peso em todos os setores do campo…precisa urgentemente de um treinador experiente para disputar uma taça libertadores da América…os jogos que o Jardine fez .ele já provou que não é o treinador certo para disputar uma taça libertadores da América…O São Paulo para a vencer ganhar títulos como sempre ganhou precisa mudar três coisas…a diretoria incompetente…O treinador ainda sem experiência…E trocar o time inteiro…pq o São Paulo não tem time…o time do São Paulo é muito ruim fraco péssimo vergonhoso pequeno…pra mim tem que trocar tudo e todos…Se tivesse mais duas ou três rodadas o São Paulo não classificava nem para a pré libertadores da América…time vergonhoso. Diretoria incompetente. Treinador sem experiência despreparado…

  6. Despedida de gala, digna de um time da 2a divisao e nossa torcida nao merecia isso, tudo bem que fomos melhor que 2017 e 2016 que tinhamos elenco melhor nesses anos, para mim tinha Hernanes que salvou o time do rebaixamento, 2018 exaltamos que Aguirre tirou leite de pedra, ate concordo, mas pq entao nao conseguiu continuar tirando leite de pedra no 2o turno?
    Agora que displicencia do seu Nene, ja estava dificil marcar um gol no sport e quando tem a chance me bate um penalti daquele jeito, tinha que ser multado pq apesar de achar que esse time nao merece estar nem na pre libertadores para nao dar vexame nossa torcida nao merecia essa atitude, mas tudo bem erramos algum momento nao somos perfeito, mas todos os penais que ele bateu quase o goleiro pegou, mas enfim Nene esta descontente desde aquele infeliz comentario do Lugano alias o que ele faz no sao paulo e o Ricardo Rocha tb, para mim so sugando o dinheiro do sao paulo pq nao agregam em nada no time e pior esta prejudicando o time, mandava esses 2 embora logo, e o Rai se nao demonstrar mais do que vem fazendo melhor pegar o chapeu e tchau.
    Pode ser que seja um premio ficar entre os 6 primeiros mas para mim nao, um time como sao paulo se contentar com tao pouco mesmo sendo um time que merecia estar caindo para 2a divisao, 2019 promete muitas e muitas emocoes mas mais decepcao pq com esse Leco e cia nao poderemos acreditar em coisa melhor.
    Meu resultado para ultima rodada, Gremio e Sao Paulo perde

  7. Ontem ficou comprovado que o problema do time não era o DIEGO AGUIRRE, mas sim a incapacidade e ruindade da maioria dos seus jogadores. Agrega-se a essa ruindade, a lamentável gestão do futebol de Raí & Cia. Contrataram muito mal – Jean, Everton Filipe, Trellez, Diego Souza, etc – e tomaram decisões erradas em momentos inoportunos. Com certeza, esse São Paulo FC de hoje, nada tem a ver com aquele do final dos anos 90, que era inovador e vencedor. As últimas gestões remeteram o São Paulo FC à condição de NANO… tipo assim, um microchip de pen drive. E pior, com essa turma que está no poder, eu não vejo condições de que haja uma reversão dessa tendência. Como bem disse o Paulo Pontes, a perspectiva de uma eliminação vexatória na pré-Libertadores, deverá ser o último prego para lacrar o nosso caixão…

  8. Pelo menos serviu pra mostrar que o time não queria derrubar o Aguirre, tão pouco o nenê queria, o time caiu demais mesmo. Quanto a não ser rebaixado, não sei não viu , prevejo que a torcida vai ter que fazer a diferença novamente ano que vem….se não…..

  9. A torcida que deu show no ano passado e vinha dando show esse ano desanimou muito fácil…

    Com a cabeça fria e olhando todo o ano, acho que é um ano para ser comemorado. Iniciamos 2018 com um elenco pior que o que começou 2017, e pior também que o que terminou 2017…

    Mas um resultado muito superior…pois voltamos a libertadores, e nem passamos próximos do rebaixamento.

    Único erro da diretoria foi demitir o Aguirre antes do fim do campeonato. O certo seria terminar o ano, e agradecer ao Aguirre pelo resultado atingido. E caso fosse vontade do clube mudar o futebol apresentado, aí sim trocar pelo Jardine,

    Grande erro do clube, erro do Rai…

    Agora vamos torcer pelo Jardine e pela nossa base…

      • Não… só estou olhando de maneira macro.
        No começo do ano o Raí disse que o objetivo era recuperar a identidade do clube e lutar por uma vaga na libertadores.
        O resultado foi atingido.

          • Durante 90% do ano eu vi um time guerreiro, entregando mais do que sua qualidade permitia, sem medo de jogar fora de casa, tanto que perdeu poucos jogos durante o campeonato, forte em casa com a torcida apoiando,
            E nos clássicos fomos superiores a Corinthias e Santos.

            Alem disso boa venda de camisas e muito torcedor com a camisa do SP em todo lugar…

            Faz muita falta um título, mas eu tinha certeza que não vinha esse ano. Só espero que a pressão da torcida não atrapalhe em 2019 que é o ano no qual podemos disputar títulos aproveitando a base construída durante esse ano q

      • Foi um time montado pra lutar por vaga na libertadores… obviamente que tem fragilidades… e chegou onde tinha que chegar…

        Agora em 2019, é hora de montar um time pra ser campeão. Aí sim vai fazer sentido a cobrança.

        • Você acredita que será montado um time para disputar em igualdade de condições com Cruzeiro, Palmeiras, Grêmio, Inter, Flamengo, Boca, River, entre outros?

          Por favor, não vá dizer que com alguns ajustes, o atual São Paulo pode disputar em igualdade com os citados.

          Pra isso acontecer, teriam que chegar Um goleiro de nível, dois zagueiros bons, dois volantes bons, um meia estilo Tiago Neves, dois atacantes de lado e um centroavante decente.

          • Acredito e estou dando um voto de confiança pro Raí que cumpriu a meta definida no início do ano.

            Espero que o Rai não desista, senão o Leco volta com o Adalberto Baptista, Ataíde e outros canalhas que engatavam dívidas gigantescas pra tentar ser campeão durante o seu mandato e fodam-se os próximos anos, foda-se o clube e foda-se a torcida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*